“Veteranos” de 2018 guiam juventude da Seleção no Catar

Prestes a estrear na Copa do Mundo 2022, a Seleção de Tite mistura experiência à jovialidade daqueles que estreiam no torneio

atualizado 23/11/2022 21:54

Tite durante treina da Seleção na Coreia Lucas Figueiredo/CBF

Para este ano, a receita do bolo da Seleção Brasileira é a perfeita mistura de experiência com jovialidade. Da delegação presente no Catar, para disputar a Copa do Mundo 2022, 10 dos 26 convocados já marcaram presença em alguma copa.

E é assim, com “veteranos” de 2018 e estreantes, que o Brasil inicia a caminhada rumo ao hexa, nesta quinta-feira (24/11). Brasil e Sérvia se enfrentam às 16h (horário de Brasília), com transmissão em tempo real do Metrópoles.

Cotada como a favorita ao título, a estratégia feita pelo técnico Tite promete resultados efetivos. Apesar de algumas alterações na equipe convocada, a Seleção conquistou excelentes resultados durante as Eliminatórias Sul-Americanas para o mundial. Sem derrotas, foram 40 gols marcados e apenas três empates em 20 jogos.

Com uma campanha impecável, o experiente técnico mostrou que o time ofensivo pode conquistar o hexa. Apesar da jovialidade da maior parte do time, os atletas experientes guiam aqueles que fazem sua estreia no torneio.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
Publicidade do parceiro Metrópoles 3
Publicidade do parceiro Metrópoles 4
Publicidade do parceiro Metrópoles 5
0
Os veteranos

Entre o time de veteranos, Alisson, Ederson, Danilo, Daniel Alves, Marquinhos, Thiago Silva, Casemiro, Fred, Neymar e Gabriel Jesus já disputaram ao menos uma Copa do Mundo. Da lista, o zagueiro Thiago Silva é o único que vai para sua quarta disputa mundial.

Aos 38 anos, o jogador do Chelsea é um dos nomes mais respeitados pelos seus companheiros de time. Não à toa, o zagueiro estreia no torneio com a braçadeira de capitão — essa que deve ser revezada entre outros experientes jogadores que compõem o elenco de peso do Brasil.

Além do zagueiro, Alisson Becker e Daniel Alves, também experientes e velhos conhecidos da competição, são alguns dos jogadores tidos como referência dentro da equipe. Nomes de peso podem ser importantes para manter os ânimos tranquilos durante as disputas com jogadores que brigam no ranking de melhores do mundo.

Foto de Neymar, Daniel Alves e Thiago Silva comemorando a final das Copas das Confederações. Os três usam a camisa amarela do Brasil e seguram a taça da disputa. No meio, Daniel Alves usa uma peruca e os três estão usando uma medalhe
Neymar, Daniel Alves e Thiago Silva são alguns dos veteranos da Seleção Brasileira

São eles também que, no linguajar dos próprios jogadores, “chamam a responsabilidade” quando necessário. Neymar também entra na lista dos veteranos que têm fundamental papel com os calouros da seleção. Indo disputar sua terceira Copa do Mundo, o camisa 10 do time faz o “meio de campo” com aqueles que estão chegando na equipe.

O atacante também chegou muito jovem até a Seleção e, na época, foi muito criticado por sua “imaturidade”. Apesar do contexto de sua chegada, o craque foi recebido de braços abertos pelo time e que hoje retribuiu o favor aos demais.

Os estreantes

Apesar da ansiedade para ver a atuação dos velhos conhecidos, a atuação de jogadores como Vinícius Jr., Richarlison e Paquetá tem gerado expectativa nos brasileiros. Os dois, com 25 anos, tem chamado atenção em seus respectivos times na Europa e aproveitando de ótimas fases.

Vinicius Jr Seleção Brasileira
Vinícius Jr

O principal atacante do Real Madrid, Vini Jr. foi eleito o 8º melhor jogador do mundo pelo prêmio Bola da Ouro, considerado o Oscar do futebol. Em uma excelente temporada, os olhos se voltam para o jogador carioca que faz sua primeira Copa do Mundo.

Considerado o jogador mais “resenha” da Seleção deste ano, o futebol de Richarlison também tem despertado o interesse dos entusiasmados com o time verde-amarelo. O camisa nove de Tite é também uma das apostas da equipe. Com uma temporada de destaque no Tottenham, o atacante é eleito como o “tempero” que faltava na equipe.

Richarlison, o Pombo, é um dos nomes de destaque para o mundial deste ano

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias