Tite fora do top-3: veja os salários dos 32 técnicos da Copa do Mundo

Hansi-Flick, treinador da Alemanha, encabeça a lista com 6,5 milhões de euros ganhos anualmente

atualizado 23/11/2022 18:05

Buda Mendes - FIFA/FIFA via Getty Images

Nesta quarta-feira (23/11), o jornal espanhol Sport revelou quanto ganham os 32 treinadores que estão na Copa do Mundo do Catar de forma anual. Os salários, em euros, vão de 130 mil até 6,5 milhões.

Quem encabeça a lista é Hansi-Flick, técnico da Alemanha, que ganha 6,5 milhões de euros anualmente, seguido de Gareth Southgate, da Inglaterra, com 5,8 milhões de euros e Didier Deschamps, da França, fecha o top-3 com 3,8 milhões de euros.

Tite, treinador da Seleção Brasileira, aparece em quarto lugar, com 3,6 milhões de euros. O “azarão” da lista é Jalel Kadri, técnico da Tunísia, ganhando “apenas” 130 mil euros anuais.

Confira a lista completa:

  • 1° – Hansi-Flick (Alemanha) – 6,5 milhões de euros (R$ 36,3 milhões)
  • 2° – Gareth Southgate (Inglaterra) – 5,8 milhões de euros (R$ 32,3 milhões)
  • 3° – Didier Deschamps (França) – 3,8 milhões de euros (R$ 21,2 milhões)
  • 4° – Tite (Brasil) – 3,6 milhões de euros (R$ 20 milhões)
  • 5° – Louis Van Gaal (Holanda) – 2,9 milhões de euros (R$ 16,1 milhões)
  • 6° – Gerardo Martino (México) – 2,9 milhões de euros (R$ 16,1 milhões)
  • 7° – Lionel Scaloni (Argentina) – 2,6 milhões de euros (R$ 14,5 milhões)
  • 8° – Félix Sánchez (Qatar) – 2,4 milhões de euros (13,4 milhões)
  • 9° – Fernando Santos (Portugal) – 2,2 milhões de euros (R$ 12,2 milhões)
  • 10° – Murat Yakin (Suíça) – 1,6 milhão de euros R$ 8,9 milhões)
  • 11° – Paulo Bento (Coreia do Sul) – 1,3 milhão de euros (R$ 7,2 milhões)
  • 12° – Graham Arnold (Austrália) – 1,3 milhão de euros (R$ 7,2 milhões)
  • 13° – Gregg Berhalter (Estados Unidos) – 1,25 milhões de euros (R$ 6,9 milhões)
  • 14° – Roberto Martínez (Bélgica) – 1,2 milhão de euros (R$ 6,7 milhões)
  • 15° – Luis Enrique (Espanha) – 1,15 milhão de euros (6,4 milhões)
  • 16° – Kasper Hjulmand (Dinamarca) – 1,15 milhão de euros (6,4 milhões)
  • 17° – Herve Renard (Arábia Saudita) – 1,1 milhão de euros (R$ 6,1 milhões)
  • 18° – Hajime Moriyasu (Japão) – 1 milhão de euros (R$ 5,5 milhões)
  • 19° – Walid Regragui (Marrocos) – 920 mil euros (R$ 5,1 milhões)
  • 20° – Diego Alonso (Uruguai) – 680 mil euros (R$ 4,8 milhões)
  • 21° – Gustavo Alfaro (Equador) – 770 mil euros (R$ 4,3 milhões)
  • 22° – Dragan Stojkovic (Sérvia) – 650 mil euros (R$ 3,6 milhões)
  • 23° – Carlos Queiroz (Irã) – 650 mil euros (R$ 3,6 milhões)
  • 24° – Zlatko Dalic (Croácia) – 550 mil euros (R$ 3 milhões)
  • 25° – Czeslaw Michniewicz (Polônia) – 500 mil euros (R$ 2,7 milhões)
  • 26° – John Herdman (Canadá) – 480 mil euros (R$ 2,6 milhões)
  • 27° – Otto Addo (Gana) – 400 mil euros (R$ 2,2 milhões)
  • 28° – Robert Page (País de Gales) – 380 mil euros (R$ 2,1 milhões)
  • 29° – Luis Fernando (Costa Rica) – 350 mil euros (R$ 1,9 milhão)
  • 30° – Rigobert Song (Camarões) – 340 mil euros (R$ 1,8 milhão)
  • 31° – Aliou Cissé (Senegal) – 310 mil euros (1,7 milhão)
  • 32° – Jalel Kadri (Tunísia) – 130 mil euros (R$ 726 mil)

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias