Treta no WhatsApp após eliminação do Fluminense acaba em condenação

Um torcedor foi ofendido por outro integrante do grupo de conversa e receberá R$ 1 mil de indenização por danos morais

atualizado 27/01/2021 19:13

FluminensePaulo Sergio/Agencia F8

Uma discussão ocorrida num grupo de WhatsApp chamado “Fluminense on tour” no dia da eliminação do Fluminense da Copa do Brasil diante do Atlético-GO virou caso na Justiça.

Um torcedor foi ofendido por outro integrante do grupo de conversa e receberá R$ 1 mil de indenização por danos morais. O réu teria o insultado e xingado pelo aplicativo após o Fluminense ter sido despachado da competição. Segundo a vítima, ele foi xingado por ser apoiador do candidato vencedor das eleições para presidente do clube.

Em sua defesa, réu afirmou que o autor não fez provas do dano que sofreu. Além disso, ele constou que se retratou publicamente, no mesmo grupo do WhatsApp.

A decisão da juíza de Direito Margareth Cristina Becker, titular do 2º JEC de Brasília/DF disse que “o conteúdo da mensagem divulgada no grupo, criado para tratar de assuntos relacionados ao times de futebol do qual as partes são torcedores, revela que o réu teve a intenção de avaliar a honra do autor, sendo certo que a publicidade, ainda que restrita ao grupo, configura ofensa indenizável, extrapolando os limites da liberdade de expressão”.

No entanto, o acusado ainda pode recorrer a decisão.

Vídeos
Últimas notícias