Sem sustos, Palmeiras vence Grêmio e conquista a Copa do Brasil

Esta foi a quarta vez que o Verdão levantou a taça do torneio, se isolando como o 3º maior vencedor do certame

atualizado 07/03/2021 23:46

FERNANDO ROBERTO/UAI FOTO/ESTADÃO CONTEÚDO

Pela terceira vez na temporada, o torcedor palmeirense pode soltar o grito de “é campeão”. A equipe comandada por Abel Ferreira venceu o Grêmio na tarde deste domingo (7/3), pelo placar de 2 x 0, com gols de Wesley e Gabriel Menino. Somada à vitória da semana passada, por 1 x 0, o Verdão fez o placar agregado de 3 x 0 e conquistou a 4ª Copa do Brasil de sua história.

O Palmeiras já havia vencido o Campeonato Paulista, ainda sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, a Libertadores, já com Abel Ferreira no comando técnico, e se recuperou da fraca participação no Mundial de Clubes, onde foi eliminado na semifinal pelo Tigres, com a conquista da Copa do Brasil.

A Copa do Brasil foi conquistada pelo Palmeiras nos anos de 1998, 2012 e 2015. Com o quarto título, o Verdão deixa o rival Corinthians e o Flamengo para trás, se isolando como o 3º maior vencedor do torneio, apenas atrás de Cruzeiro, que tem seis títulos, e o Grêmio, com cinco.

O jogo

Após um início de jogo bastante movimentado, o Palmeiras chegou a abrir o placar aos 20 minutos do 1º tempo, mas a alegria do Verdão durou apenas alguns segundos. Felipe Melo lançou Rony pela esquerda, ele tocou para Raphael Veiga que finalizou certeiro para o gol de Paulo Victor, porém, o impedimento foi imediatamente marcado, pois o camisa 11 estava em posição ilegal.

Lá e cá, o Grêmio não tardou em responder, e após boa construção, Maicon ficou cara a cara com Weverton, mas deu um toque a mais e foi travado na hora certa por Gustavo Gómez. Na sequência, após cruzamento para a área, Diego Souza cabeceou fraco nas mãos do arqueiro palmeirense.

A partir da segunda metade do 1º tempo, o Palmeiras passou a comandar as ações, apostando na velocidade de Rony e Wesley e nos erros de passe na saída de bola gremista. No entanto, faltou qualidade na finalização para abrir o placar.

2º tempo

Aos 7 minutos, o Palmeiras conseguiu abrir o placar. Raphael Veiga saiu do campo de defesa, com muita velocidade e tocou na entrada da área para Wesley. O jovem atacante invadiu a área e chutou com força, sem chances para Paulo Victor.

Sem demonstrar muita reação ou criatividade, o Grêmio continuou permitindo que o Palmeiras trabalhasse a bola em sua intermediária.

Com o fim do jogo se aproximando, o Palmeiras se fechou em seu campo de defesa, dificultando um Grêmio, que já não estava inspirado, a criar ações que levassem perigo à meta de Weverton.

Nessa configuração, o Palmeiras conseguiu um contra-ataque matador que matou o jogo. Rony roubou a bola e rapidamente enfiou para Willian Bigode. Ele encontrou Gabriel Menino entrando na área, que driblou o marcador, e chutou forte, em lance semelhante ao gol de Wesley, e marcou o 2º do Verdão no jogo, matando a partida.

Vídeos
Últimas notícias