*
 

Sem poder contar com Neymar, que está se recuperando de cirurgia no pé direito, o técnico da Seleção Brasileira, Tite, fez nesta segunda-feira (12/3) a convocação para os dois últimos amistosos da equipe antes de divulgar a lista de jogadores que irão para a Copa do Mundo. Depois das partidas contra Rússia, em 23 de março, e Alemanha, no dia 27, a próxima e derradeira chamada deverá ocorrer na primeira semana de maio.

As maiores novidades da convocação feita nesta segunda (12) são o goleiro Neto, do Valencia, o meia Talisca, do Besiktas, e o atacante William José, do Real Sociedad – chamado para ocupar a vaga de Neymar. Os três foram escolhidos pela primeira vez por Tite. Em coletiva após o anúncio, o técnico destacou que a ausência de seu principal atleta servirá para a equipe mostrar a força da Seleção. “[Neymar] É um jogador diferente, é ‘top três’. Mas, equipe forte se faz independentemente de nomes. Força de equipe é fundamental e temos de tê-la para suplantar adversidades como essa, mas projetando tê-lo para a Copa”, afirmou o treinador.

Veja os convocados:

Goleiros
Alisson (Roma) Ederson (Manchester City) Neto (Valencia)

Laterais
Marcelo (Real Madrid) Daniel Alves (PSG) Filipe Luis (Atlético de Madrid) Fágner (Corinthians)

Zagueiros
Marquinhos (PSG) Thiago Silva (PSG) Miranda (Inter de Milão) Pedro Geromel (Grêmio) Rodrigo Caio (São Paulo)

Meias
Casemiro (Real Madrid) Willian (Chelsea) Fernandinho (Manchester City) Fred (Shakhtar Donetsk) Anderson Talisca (Besiktas) Paulinho (Barcelona) Philippe Coutinho (Barcelona) Renato Augusto (Beijing Guoan)

Atacantes
Gabriel Jesus (Manchester City) Roberto Firmino (Liverpool) Douglas Costa (Juventus) Taison (Shakhtar Donetsk) Willian José (Real Sociedad)

Segundo Tite, há entre 15 e 17 atletas que, pelo alto nível na Seleção e nos clubes, “estão encaminhados na Copa”. “E existem outros que estão disputando. Geromel, Rodrigo Caio, Gil, Jemerson estão brigando. E só vai ser decidido lá na frente. Há boas chances para Thiago, Marquinhos e Miranda. Na lateral, tem Alex Sandro, Filipe Luís e Marcelo, três que jogam muito, dói deixar o Alex Sandro fora. Há possibilidades de alguns outros, mas com características diferentes, atletas que brigam: Lucas Lima, Diego, Luan, Giuliano, Rodriguinho. O momento pode determinar a convocação deles”, explicou o comandante. “Não há uma situação definitiva, há margem para disputa.”

A convocação desta segunda (12) foi atrasada em 10 dias por causa das incertezas sobre a situação de vários jogadores que sofreram lesões. Além de Neymar, estavam contundidos Marquinhos, do Paris Saint-Germain, Miranda, do Atlético de Madrid, Marcelo, do Real Madrid, e Gabriel Jesus, do Manchester City. Todos se recuperaram recentemente.

O volante Fernandinho, em fase final de tratamento de lesão muscular, também foi incluído na lista. O grupo se apresenta ao técnico no próximo domingo (18).

O Brasil estreará na Copa do Mundo da Rússia, no dia 17 de junho, contra a Suíça. Antes, em maio, Tite fará a convocação final. Em 27 de maio, o grupo escolhido embarcará para a preparação em Londres. Nos dias 3 e 10 de junho, estão previstos amistosos contra adversários ainda não definidos.