São Paulo interrompe série vitoriosa do Santos e vence clássico

Tricolor conseguiu a vitória, de virada, com dois gols de Alexandre Pato e um de Reinaldo

RICHARD CALLIS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDORICHARD CALLIS/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

atualizado 10/08/2019 18:59

O São Paulo conseguiu interromper a sequência de sete vitórias seguidas do líder Santos e, de virada, venceu o clássico no Morumbi, na noite deste sábado (10/08/2019), por 3 x 2.

Sasha abriu o placar no fim do primeiro tempo. Na etapa complementar, Pato, duas vezes, e Reinaldo, de pênalti, marcaram para o São Paulo. De cabeça, Raniel, contra, diminuiu para o Santos.

Apesar da derrota, o Santos continua na liderança, com uma vantagem de quatro pontos à frente do segundo colocado Palmeiras, que vai a campo neste domingo, contra o Bahia, com chance de diminuir a vantagem.

Já o São Paulo encosta no G-4, com 24 pontos. Na próxima rodada, o São Paulo enfrenta o Ceará, no Morumbi, no domingo, com a perspectiva da estreia de Daniel Alves. Já o Santos vai a Belo Horizonte, onde pega o Cruzeiro, no Mineirão.

O jogo
O San-São começou movimentado, com ambos os times se lançando ao ataque com velocidade e criando oportunidades. O São Paulo quase abriu o placar aproveitando duas bobeiras na saída de bola santista.

Intensidade e velocidade nos ataques continuaram a ser o tom do 1º tempo, porém, na hora de concluir ambos os times pecaram. O time comandado por Cuca até chegou com perigo à meta santista, porém, faltou o último passe para chegar ao gol com mais clareza.

Se o São Paulo não conseguiu aproveitar as oportunidades e começou a a errar passes, o Santos aproveitou e conseguiu abrir o placar no Morumbi. Após chute de fora da área de Pituca, a bola sobrou para Eduardo Sasha que, completamente livre, completou para o gol de Volpi.

2º tempo
O São Paulo retornou para o 2º tempo com Hernanes no lugar de Luan. E após cobrança de falta do jogador, o Tricolor descolou um escanteio que sobrou para Alexandre Pato, e o camisa 7 não perdoou, com chute preciso na meta de Éverson para empatar o clássico.

E novamente, dos pés de Hernanes, o São Paulo criou uma oportunidade para alterar o placar. O meia cobrou escanteio, a bola desviou e, Aguilar, com o braço completamente aberto, toca na bola. Pênalti marcado. Reinaldo foi para a bola e, com força, bateu rasteiro no canto, virando o jogo para o Tricolor.

Apesar de Hernanes, que ajudou a mudar a sorte do São Paulo no jogo, ter saído machucado, o São Paulo continuou pressionando a saída de bola do Santos e, assim, chegou ao terceiro gol. Aos 26 minutos, Pato interceptou troca de passes, brigou com o zagueiro e, cara a cara com Éverson, chutou com categoria para ampliar o placar.

De bola, parada, aos 40 minutos do segundo tempo, o Santos conseguiu diminuir, com gol contra de Raniel, que desviou de cabeça para a própria meta.

Últimas notícias