Sampaoli aciona o Santos na Justiça e pede rescisão de contrato

O treinador argentino alega atrasos no pagamento do FGTS nos últimos quatro meses

atualizado 12/12/2019 16:29

Ivan Storti/Santos FC

A briga na Justiça entre Santos e o técnico Jorge Sampaoli ganhou novo capítulo. Após lançar nas redes uma emocionante carta de despedida do time da Vila, o argentino entrou com uma ação contra o Peixe e pede a rescisão contratual.

O movimento contra o Santos se deve aos quatro meses de atraso no pagamento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), conforme alega ação.

Um dia antes, o Santos havia entrado na Justiça contra Sampaoli. Na visão do clube, o argentino pediu demissão na última segunda-feira (09/12/2019) e teria que pagar R$ 10 milhões pela rescisão. É esse valor que o Peixe cobra na Justiça.

O técnico Sampaoli, porém, garante não ter pedido demissão do clube, embora também afirme que não permanece mais. Ele negocia contrato com o Palmeiras e se reúne com o Alviverde na tarde desta quinta-feira (12/12/2019).

Vídeos
Últimas notícias