Salah testa positivo para o coronavírus e desfalca seleção do Egito

O jogador está isolado em seu quarto na concentração do time egípcio e não tem contato com qualquer outro companheiro de time

atualizado 13/11/2020 14:32

SalahLaurence Griffiths/Getty Images

O atacante Mohamed Salah testou positivo para o novo coronavírus. A revelação de que o astro do Liverpool contraiu a doença foi apresentada pela Associação Egípcia de Futebol. Ele se preparava para defender a seleção nacional em compromissos pelas Eliminatórias da Copa Africana de Nações.

De acordo com a entidade, apenas Salah estava infectado entre os jogadores do Egito testados. E, assim, não poderá enfrentar a seleção de Togo, em partidas como mandante, neste sábado (14/11), e como visitante, na próxima terça-feira, no qualificatório para o torneio, remarcado para 2022.

Salah, explicou a associação, foi colocado em isolamento. “O jogador não apresenta nenhum sintoma. Os outro membros da equipe testaram negativo. Salah passou pelo protocolo médico em coordenação entre o médico da seleção e do seu clube. Está isolado em seu quarto e de todos os outros contatos”, afirmou.

Diante das medidas sanitárias para evitar a propagação do coronavírus, também deverá se tornar desfalque no Liverpool após a Data Fifa, ficando fora dos duelos com Leicester, dia 21, pelo Campeonato Inglês, e Atalanta, dia 25, pela Liga dos Campeões da Europa.

Vídeos
Últimas notícias