Corte de Gabriel Menino por Covid-19 deixa Seleção Brasileira em alerta

De acordo com o técnico Tite, o médico Rodrigo Lasmar irá acelerar outros testes com a delegação brasileira antes da partida desta sexta

atualizado 12/11/2020 14:14

Gabriel em treino da Seleção BrasileiraLucas Figueiredo/CBF

O médico Rodrigo Lasmar anunciou, nesta quinta-feira (12/11), que Gabriel Menino está cortado da Seleção Brasileira. Ele está fora dos dois jogos das Eliminatórias da Copa do Mundo de 2022 contra Venezuela, nesta sexta-feira (13/11), e na próxima terça, contra o Uruguai, em Montevidéu, porque testou positivo para Covid-19 na quarta-feira.

O atleta do Palmeiras, que está assintomático, foi desconvocado e está em isolamento, segundo Lasmar. O teste positivo apareceu na segunda testagem dos jogadores. Estão previstos quatro testes no período entre os dois jogos.

“Nos testes realizados ontem (quarta-feira), o atleta Gabriel Menino foi testado positivo para Covid-19. Todos os outros atletas do grupo testaram negativo. É importante colocarmos que, na segunda-feira, quando os atletas chegaram, todos os membros da delegação foram testados e os resultados foram negativos. Nós já informamos o departamento médico do Palmeiras, o jogador está assintomático, já está isolado e está sendo desconvocado da seleção neste momento. Todas as medidas protetivas estão sendo tomadas. Vamos realizar uma nova bateria de testes antes da nossa viagem ao Uruguai, após o jogo”, afirmou o médico da Seleção Brasileira.

O técnico Tite falou sobre a possível contaminação de outros atletas. “O doutor colocou hoje (quinta-feira) o que foi feito. Ele vai acelerar outros testes. Nesse meio tempo não há problema nenhum nós irmos para o jogo. A grosso modo, a informação nos dada – para todos os atletas e comissão técnica – foi essa”.

Vídeos
Últimas notícias