Real Madrid anuncia compra de equipe feminina da 1ª divisão espanhola

O Deportivo Tacón (CD Tacón), também de Madri, se tornará o time feminino dos Galáticos, mas só mudará de nome na temporada de 2020/2021

Twitter/ReproduçãoTwitter/Reprodução

atualizado 26/06/2019 20:29

O Real Madrid, clube de 117 anos de existência, anunciou, nesta terça-feira (25/06/2019) que lançará seu time feminino de futebol. Os merengues irão comprar o clube espanhol do gênero (de Madri), Deportivo Tacón (CD Tacón), que tem apenas 5 anos e acaba de subir para a primeira divisão do país (Liga Iberdrola).

Segundo o jornal inglês Telegraph, acredita-se que o custo será de 400 mil euros por parte do clube madrilenho. O nome da equipe só mudará na temporada 2020/2021. Até lá, o título original continuará sendo utilizado, bem como as jogadoras seguirão vestindo as cores do CD Tacón (uniforme branco com o escudo rosa e preto).

O time irá treinar e jogar no Centro de Treinamento do Real Madrid e será dirigido por David Aznar, que comandou o time na caminhada até a primeira divisão.

Florentino Pérez, presidente do Real, teria dado ordens para que fosse encaminhada a criação de uma equipe feminina para o clube há algumas semanas, segundo o El Pais, jornal espanhol. A renovação de contrato com a Adidas é outro fator que deve ter pressionado o Galático a investir no tópico.

Rivais na frente
O Atlético de Madrid e o Barcelona, rivais do Real,  já possuem seus times há anos. O do Barça tem formidáveis 31 anos de existência. A atacante brasileira Andressa Alves é uma das integrantes da equipe, vice-campeã da Liga dos Campeões Feminina.

Já o outro clube de Madri foi restabelecido em 2001, após ter sido dissolvido nos anos 1990. Em março deste ano (2019), as equipes catalã e madrilenha jogaram no estádio do Atlético (Wanda Metropolitano) e bateram recorde de público para uma partida de futebol feminino: 60.739 torcedores.

 

Últimas notícias