Pia Sundhage sobre Seleção nas Olimpíadas: “Jogaremos pelo ouro”

A sueca já é veterana em conquistar medalhas em Jogos Olímpicos. Já venceu duas de ouro com os EUA e uma de prata com a Suécia

Reprodução/Fifa.com

atualizado 20/01/2020 16:09

A treinadora da Seleção Brasileira feminina, Pia Sundhage, concedeu entrevista ao site da Fifa e afirmou sede para buscar a medalha de ouro inédita da mulheres, nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020: “Queremos jogar pelo ouro.”

Mesmo com tamanha garra para brigar pela título, a sueca reconhece a dificuldade. “Acredito que esse será meu maior desafio porque é uma cultura muito diferente. Posso dizer que (a CBF) quer fazer mais pelo futebol feminino. Então, é sorte minha fazer parte desse tipo de mudança”, disse.”

Pia já é veterana em conquistar medalhas em Olimpíadas. Já venceu duas de ouro com a equipe dos Estados Unidos e uma de prata com a seleção do seu país. Essa experiência pode ser um fator positivo para as jogadoras.

“É claro que estamos todas entusiasmadas e queremos jogar para ganhar o ouro, mas no final do dia, tem muito mais. A jornada faz a diferença. Esperamos que a jornada não pare após as Olimpíadas”, afirmou.

Há quase seis meses no comando da Seleção — completa dia 25 de janeiro —, Pia está invicta após disputar oito partidas, tendo vencido sete e empatado uma. Ela conta o segredo para o sucesso:

“São duas coisas. A primeira é achar jogadoras talentosas. A outra é que quando se trata da seleção nacional, eu realmente gosto que elas joguem com emoção. Futebol é emoção. São muitas táticas, videoclipes aqui e ali, mas no final do dia são 89 minutos e quem marcará o último gol?”

A preparação da Seleção para os Jogos de Tóquio-2020 será no Torneio Internacional da França, marcado para ser entre 4 e 10 de março. As francesas, donas da casa, Holanda e Canadá serão os adversário do Brasil na ocasião.

Vídeos
Últimas notícias