Para jogar no Corinthians, Renato Augusto recusou a Champions League

Ex-meia da Seleção Brasileira comentou sobre outros craques que também regressaram ao Brasil, mesmo tendo mercado no exterior

atualizado 02/10/2021 6:46

Rodrigo Coca/Ag. Corinthians

Após passar muitos anos jogando fora do país, o meia Renato Augusto voltou, na última janela de transferências, para o Corinthians. Nesta sexta-feira, o ex-jogador da Seleção Brasileira abriu o jogo sobre o regresso ao Brasil.

Tudo aconteceu no podcast “Hoje sim”, de Cléber Machado. “Achei que não ia passar dos 28 anos (a carreira), estou com 33 e me sentindo bem. É um exagero falar que só volta quando não tem mercado. Eu tinha proposta da Europa, do PSV (Eindhoven), da Holanda. Mas queria voltar para o Brasil, vir para o Corinthians”, disse ele.

O atleta falou sobre uma suposta falta de oportunidades de jogar no futebol europeu e citou outros jogadores que voltaram ao país. “O Andreas Pereira, do Flamengo, tem mercado; Willian também. Hulk, do Atlético-MG, tinha propostas da Europa também. Preferiu vir para perto da família. E os clubes aqui se profissionalizaram mais, têm muita estrutura. O Corinthians não deve nada para ninguém, tem estrutura que times da Europa não têm. Também tem a questão da família. É natural voltar”, justificou o jogador do Timão.

Depois de cinco anos jogando na China, Renato Augusto retornou ao Corinthians sem custos. Pelo clube paulista, ele disputou seis jogos e marcou um gol, na vitória contra o Ceará, por 3×1.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesesportes

Vídeos
Últimas notícias