Os verdes estão maduros na Série B: cor da esperança leva times à elite

Cuiabá e Juventude estão há três rodadas de se juntarem a América-MG e Chapecoense na primeira divisão do Brasileirão

atualizado 18/01/2021 22:42

Série BReprodução/Twitter @AmericaMG @ChapecoenseReal @CuiabaEC @ECJuventude

América-MG, Chapecoense, Cuiabá e Juventude estão há três rodadas da elite do Brasileirão. Coelho e Índio Condá já tem suas vagas garantidas na Série A, mas as outras duas estão encaminhadas.

De acordo com os cálculos do Departamento de Matemática da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), o time mato grossense tem 97,1% de alcançar o acesso, enquanto o Periquito tem 66,3%. A vitória sobre o Cruzeiro no último sábado (16/1) elevou demais esses números. O Juventude tirou o CSA do G4 e ocupou o 4º lugar.

A cor verde predomina no G4 da segundona. Com 68 pontos conquistados em 35 jogos, o América-MG agora disputa o título da Série B com a Chapecoense, que soma 67. Enquanto o Cuaibá, que ostenta 58 pontos, e o Jaconero, com 55, tem os próximos e últimos três jogos do campeonato para assegurar seus lugares no Brasileirão de 2021.

Sem depender dos outros resultados, o Dourado precisa de duas vitórias e o Juve tem que ganhar as próximas rodadas para garantirem o acesso. Na rodada 36, o Juventude visita o Avaí, nesta terça (19/1), ás 19h15, e o Cuiabá vai ao Durival Brito enfrentar o Paraná, no mesmo dia, às 21h30; depois, na sexta (22/1), os gaúchos recebem o Figueirense, às 16h, e o auriverde abre as portas da Arena Pantanal para o Sampaio Corrêa, no mesmo dia, às 21h30.

Para finalizar, a rodada final terá o Cuiabá visitando o CRB no sábado (30/1), às 16h30, e o Juve vai ao Brinco de Ouro encarar os donos da casa, o Guarani, no mesmo dia e horário. O CSA, 5º colocado, tem apenas dois pontos a menos que o Periquito e está na luta para subir. Os compromissos restantes dos alagoanos são: Botafogo-SP, fora de casa; Brasil de Pelotas, em casa; e Náutico, fora de casa.

Última vez na elite

O América-MG estava há dois anos na Série B, sendo a última participação na primeira divisão em 2018, enquanto a Chape estava na edição de 2019. O Cuiabá nunca esteve na elite do futebol brasileiro e pode dar este presente para sua torcida no ano que completa 20 anos de existência.

Já o Juventude caiu em 2007 e chegou a ir até à Série D neste meio tempo. A volta à primeira divisão será muito comemorada pelo torcedor juventudista.

Vídeos
Mais lidas
Últimas notícias