Messi se despede de Suárez e critica o Barcelona: “Nada mais me surpreende”

"Você merecia ter uma despedida pelo que é: um dos jogadores mais importantes da história do clube", desabafou o argentino

atualizado 25/09/2020 10:35

Messi e SuárezJuan Manuel Serrano Arce/Getty Images

O craque argentino Lionel Messi continua irritado com a direção do Barcelona, que tem Josep Maria Bartomeu como presidente, e mostrou isso nesta sexta-feira (25/9). Em uma postagem em suas redes sociais, o jogador se despediu do amigo Luis Suárez, que foi negociado com o Atlético de Madrid, e não fez questão de esconder a insatisfação com o clube catalão.

“Você merecia ter uma despedida pelo que é: um dos jogadores mais importantes da história do clube, conquistando coisas importantes em grupo e individualmente. E não ser expulso como eles fizeram. Mas a verdade é que neste momento nada me surpreende”, escreveu Messi em seu Instagram, depois de tecer elogios ao centroavante uruguaio.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Ya me venía haciendo la idea pero hoy entré al vestuario y me cayó la ficha de verdad. Que difícil va a ser no seguir compartiendo el día a día con vos, tanto en las canchas como afuera. Los vamos a extrañar muchísimo. Fueron muchos años, muchos mates, comidas, cenas… Muchas cosas que nunca se van a olvidar, todos los días juntos. Va a ser raro verte con otra camiseta y mucho más enfrentarte. Te merecías que te despidan como lo que sos: uno de los jugadores más importantes de la historia del club, consiguiendo cosas importantes tanto en lo grupal como individualmente. Y no que te echen como lo hicieron. Pero la verdad que a esta altura ya no me sorprende nada. Te deseo todo lo mejor en este nuevo desafío. Te quiero mucho, los quiero mucho. Hasta pronto, amigo.

Uma publicação compartilhada por Leo Messi (@leomessi) em

“Já tinha ideia, mas hoje (sexta-feira) entrei no vestiário e a ficha caiu muito. Como vai ser difícil não continuar compartilhando o dia a dia com você, tanto no campo quanto fora dele. Sentiremos muito a falta. Foram muitos anos, almoços, jantares … Muitas coisas que nunca serão esquecidas, todos os dias juntos”, prosseguiu o argentino.

Suárez tinha mais um ano de contrato com o Barcelona, mas foi avisado pelo técnico holandês Ronald Koeman, recém contratado para substituir Quique Setién, que não estava nos planos para a temporada. A diretoria, então, negociou uma rescisão de contrato e liberou o uruguaio para acertar com o Atlético de Madrid. O contrato é de dois anos e custou seis milhões de euros (R$ 38,5 milhões na cotação atual) aos cofres do time da capital espanhola.

Messi se tornou um crítico da atual direção do Barcelona e pediu para deixar o clube no mês passado. Porém, encontrou resistência do presidente e continuou sob força de contrato, que termina em junho de 2021, embora contrariado e com a perspectiva de sair ao final desta temporada.

Vídeos
Últimas notícias