Marquinhos admite fraca atuação da seleção no 1º tempo em Caracas

Nos 45 minutos iniciais, a Seleção tomou um gol de Ramírez e foi para o vestiário em desvantagem

atualizado 07/10/2021 23:44

Edilzon Gamez/Getty Images

O zagueiro Marquinhos viveu uma noite de vilão e herói na seleção brasileira, nesta quinta-feira. O defensor falhou no lance que gerou o primeiro gol da partida, marcado pela Venezuela, mas foi o responsável por buscar, de cabeça, o empate, antes da virada do Brasil por 3 x 1. Ao fim do jogo, disputado em Caracas, o jogador admitiu o fraco desempenho do Brasil no primeiro tempo.

“Foi uma partida complicada, começamos muito abaixo do que podemos fazer. É difícil buscar o resultado, mas o resultado final é o que conta. É o desempenho no segundo tempo e o resultado positivo que conseguimos”, comentou o zagueiro, que escorregou ao tentar marcar Eric Ramírez, autor do primeiro gol da partida, aos 10 minutos do primeiro tempo.

Marquinhos se redimiu no segundo tempo, ao escorar de cabeça a cobrança de escanteio de Raphinha. Foi o quarto gol do zagueiro em 64 jogos pela seleção. “A bola parada é decisiva, por isso trabalhamos muito. Tentamos trabalhar o máximo possível porque hoje em dia faz muito a diferença.”

O segundo gol também veio em bola parada. Gabriel converteu pênalti sofrido por ele mesmo. Nos acréscimos, Antony selou a vitória brasileira, aos 50 minutos do segundo tempo.

Com o resultado, a seleção chegou a nove vitórias em nove jogos nas Eliminatórias. O aproveitamento de 100% mantém o time do técnico Tite na liderança da tabela, com 27 pontos, e um jogo a menos – o duelo interrompido no início com a Argentina, em São Paulo, no mês passado.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesesportes

Vídeos
Últimas notícias