Mãe de técnico diz que brasileiro é culpado por Itália não ir à Copa

Marianna Puolo afirmou que pênaltis desperdiçados por Jorginho foram cruciais para a eliminação da Seleção Italiana

atualizado 25/03/2022 17:28

Getty Images

A dura eliminação da Itália das Eliminatórias para a Copa do Mundo no Catar segue repercutindo nos bastidores da seleção. Agora, sobrou para o brasileiro naturalizado Jorginho, que ouviu críticas da mãe do treinador Roberto Mancini por erros durante a campanha na competição continental.

Marianna Puolo tentou não criticar o jogador de forma explícita, mas acabou colocando na conta do meia do Chelsea a culpa pela eliminação italiana. “Infelizmente, erros como o de Jorginho nos custaram (a vaga na Copa do Mundo). Eu não quero apontar meu dedo para ele porque certamente não fez de propósito, mas se você perde dois pênaltis…”, disse, em entrevista à uma rádio da Itália.

Marianna se refere às duas cobranças de pênalti que Jorginho perdeu nas duas partidas contra a Suíça, que terminaram empatadas. Os suíços garantiram a vaga direta ao Mundial no grupo dos italianos.

Puolo ainda aproveitou para “sugerir” a convocação de Mario Balotelli. “Ontem poderia ter sido melhor, mas isso é futebol, às vezes as coisas dão certo e às vezes as coisas dão errado. Tínhamos a partida em nossas mãos, mas o ataque não foi bem. Eu teria chamado Balotelli, porque ele tem uma força física incrível e na frente do gol ninguém pode detê-lo”, opinou.

Eliminada, a Itália ficará de novamente de uma Copa do Mundo, já que também não participou do Mundial de 2018. Na repescagem da última Copa, os italianos caíram para a Suécia.

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias