*
 

A Real Federação Espanhola de Futebol (RFEF) anunciou nesta segunda-feira (9/7) o nome de Luis Enrique como novo técnico da seleção nacional. O ex-treinador do Barcelona, de 48 anos, ocupará a vaga que havia sido ocupada emergencialmente por Fernando Hierro na Copa do Mundo.

“A decisão foi unânime. Eu gosto muito do compromisso dele. Ele deixou passar oportunidades econômicas melhores para treinar a seleção”, revelou o presidente da RFEF, Luis Rubiales. “Este treinador cumpre todos os parâmetros e os critérios adotados pela direção esportiva.”

Luis Enrique é a aposta para acabar com o princípio de crise instaurado na seleção às vésperas da Copa. A dois dias da estreia da Espanha, o técnico Julen Lopetegui foi demitido pela entidade por ter fechado com o Real Madrid, para onde iria após a disputa do Mundial. O diretor esportivo Hierro, então, assumiu o comando para o torneio.

A campanha da Espanha na Rússia, porém, ficou bem abaixo do esperado. Em quatro partidas, venceu apenas uma vez e empatou as outras três, incluindo diante da Rússia, nas oitavas, quando foi eliminada nos pênaltis. A Federação, então, definiu que Hierro não seguiria como técnico e lhe ofereceu novamente o cargo de diretor esportivo, que foi recusado por ele.

Horas antes do anúncio de Luis Enrique, a entidade já havia determinado o substituto de Hierro no cargo diretivo: o ex-goleiro José Francisco Molina. E após uma breve reunião, da qual o novo dirigente participou, o nome do novo treinador também foi definido.

Histórico
Como treinador, Luis Enrique trabalhou na Roma, no Celta de Vigo e no Barcelona, tanto no time B quanto no principal. No comando do clube catalão, faturou nove títulos em três anos: uma Liga dos Campeões, um Mundial de Clubes, uma Supercopa da Europa, dois Campeonatos Espanhóis, três Copa do Rei e uma Supercopa Espanhola.

Luis Enrique também possui história na seleção espanhola, como jogador. Ele vestiu as cores da seleção por quase dez anos e participou de três Copas do Mundo: 1994, 1998 e 2002. Também integrou a equipe que conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de 1992, em Barcelona. No total, representou o país em 62 oportunidades e marcou 12 gols. (Com informações da Agência Estado)