Flamengo esclarece “doping” de Bruno Henrique: “Caso encerrado”

O time carioca informa, por meio de nota enviada a Fox Sports, que questão foi encerrada em novembro com anuência da CBF, Wada e Fifa

MAGA JR/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDOMAGA JR/O FOTOGRÁFICO/ESTADÃO CONTEÚDO

atualizado 13/12/2019 22:20

Minutos depois de o jornalista Fábio Sormani, da Fox Sports, revelar que o atacante do Flamengo Bruno Henrique caiu em exame antidoping no empate por 4 x 4 contra o Vasco, em setembro, o clube rubro-negro negou a informação e esclareceu.

Por meio da assessoria de imprensa em contato com o canal, o Flamengo afirmou que o atacante “tem um problema de glaucoma e tem liberação para o uso do medicamento (brinzolamida)”.

A necessidade do uso da substância teria sido apresentada pelo Flamengo à Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e “não houve demais problemas ou questionamentos”, conforme destaca a Fox Sports, em seu site.

O Flamengo informa ainda que o caso foi encerrado em 14 de novembro e não houve questionamento por parte da Agência Mundial Anti-Doping (Wada) ou pela Fifa.

Últimas notícias