Faixa da torcida do Botafogo revolta dirigente do Fla: “Não somos inimigos”

A mensagem "Aqui prezamos pelas vidas" foi colocada na arquibancada do Estádio Nilton Santos, chegou a ser retirada, mas voltou ao local

atualizado 05/12/2020 17:12

Bandeira do BotafogoReprodução/Twitter

Uma faixa pendurada na arquibancada do Engenhão pela torcida do Botafogo neste sábado (5/12), horas antes do clássico diante do Flamengo, provocou revolta de um dirigente rubro-negro.

Vice-presidente Geral e da Procuradoria Geral do clube, Rodrigo Dunshee de Abranches, ameaçou acionar o STJD caso a bandeira com a frase “Aqui prezamos pelas vidas” não seja retirada.

“Vou usar esse espaço para pedir ao presidente do Botafogo que retire essa faixa agressiva que é deselegante e tenho certeza que não partiu dele, mas se ele permitir será. Acho que isso não precisa virar uma questão que seja remetida ao STJD. Somos adversários e não inimigos”. escreveu Dunshee.

Minutos depois da queixa do dirigente do Flamengo, funcionários do Botafogo retiraram a bandeira da arquibancada. Ainda antes do início do clássico, porém, ela retornou para o local.

Embora não remeta a nenhum caso específico, especula-se que a faixa botafoguense seria uma crítica à postura da diretoria do Flamengo em relação às vítimas do incêndio no Ninho do Urubu, o qual resultou na morte de 10 jovens. Nessa semana, o rubro-negro ganhou ação na Justiça e conseguiu suspender a pensão de R$ 10 mil às famílias dos garotos.

Botafogo e Flamengo se enfrentam neste sábado, a partir das 17h, no Estádio Nilton Santos. O duelo é válido pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Vídeos
Últimas notícias