Erros de Christiano Gayo beneficiam o Gama

Jogo entre Luziânia e Gama, apitado por Christiano Gayo, foi envolvido por várias controvérsias

Reprodução

atualizado 10/03/2020 9:26

Ao Metrópoles, foram enviados lances da partida entre Luziânia x Gama, válida pela nona rodada do Campeonato Candango, em que ficam evidentes os erros da arbitragem, que influenciaram no resultado da partida.

Confira os vídeos e a descrição de cada lance:

1º lance: Aos 20 do primeiro tempo, em um lance ofensivo a favor do Luziânia, um jogador de ataque é lançado em posição legal e em condições de marcar o gol. A arbitragem, por meio do assistente número um, Milton Alves, marcou impedimento.

2º lance: Aos 36, quando o placar estava 1 x 0 para o Gama, o atacante Nunes marcou o segundo gol, em posição irregular. Na hora do cruzamento para a área, no momento em que Luquinhas cabeceia, Nunes está em clara posição de impedimento.

3º lance: Nos acréscimos, aos 48, o Luziânia teve um pênalti a seu favor. Na cobrança, o goleiro gamense, antes que o jogador do Luziânia tocasse na bola, se adiantou, retirando os dois pés da linha do gol, o que não é permitido pela regra. Além disso, três jogadores do Gama invadiram a área antes que o pênalti fosse cobrado, o que obrigaria a repetição da cobrança.

4º lance: No segundo tempo, aos 18, ocorreu um cruzamento na área em cobrança de falta a favor do Luziânia. O zagueiro Emerson corta a jogada com o braço, que não está colado no corpo, configurando pênalti claro, ignorado pelo árbitro Christiano Gayo.

5º lance: Um minuto depois, mais um erro da arbitragem. O atacante Nunes recebeu a bola em posição de impedimento, no lance que iniciou a jogada e resultou no terceiro gol do Gama.

6º lance: Em um último lance, a arbitragem marcou irregularidade contra o Luziânia, que mais uma vez não existiu. Após o lançamento, o atacante ficou em condições claras de gol e a arbitragem parou o lance, alegando impedimento, em mais um lamentável equívoco.

Causa estranheza que o árbitro Christiano Gayo continue a ser escalado, apesar da notória incompetência.

Vídeos
Últimas notícias