Ele merece? Abel Braga quer ir à Justiça cobrar Fla por premiação

"O trabalho no rival está sendo bem feito, mas está sendo terminado. Eu comecei", disse. O treinador venceu a Florida Cup e Cariocão de 2019

Abel Braga à beira do gramadoBruna Prado/Getty Images

atualizado 23/12/2019 10:52

Com os títulos do Brasileirão e Libertadores, o Flamengo irá distribuir entre os jogadores, comissão técnica e funcionários do departamento de futebol mais de R$ 70 milhões. Abel Braga, atual treinador do Vasco, que esteve à frente do rival por 28 jogos em 2019, quer parte da premiação que ele diz ter direito.

Para conseguir a quantia que deve ser destinada a ele, Abel avalia ir à Justiça cobrar o rubro-negro, porém há ainda a possibilidade das partes entrarem em acordo antes que isso aconteça. O técnico entende que merece a parte acordada com ele no início do ano.

“O trabalho no rival está sendo bem feito, mas está sendo terminado. Eu comecei. Com a Florida Cup, com o estadual, com a classificação na Copa do Brasil 75% garantida com a vitória em São Paulo. E classificado em primeiro no grupo da Libertadores, o que não acontecia há 11 anos, então não é bem por aí”, disse Abel durante a apresentação no Vasco.

Se o caso realmente chegar à Justiça, o treinador será representado pelo advogado Paulo Reis, ex-vice jurídico do atual clube. De acordo com o Globoesporte.com, o departamento jurídico do Flamengo afirmou não acreditar em uma ação do profissional contra o clube.

Quando deixou o comando do rubro-negro, o treinador assinou rescisão de contrato, na presença de seu advogado, que extinguiu irrestritamente qualquer obrigação futura.

Vídeos
Últimas notícias