Depois de agredir árbitro, jogador William Ribeiro deixa prisão no RS

O ex-atleta do São Paulo-RS foi preso em flagrante nessa segunda-feira (4/10) por agredir Rodrigo Crivellaro

atualizado 05/10/2021 23:06

William RibeiroFábio Dutra/ São Paulo-RS/ Divulgação

William Ribeiro, ex-São Paulo-RS, preso em flagrante nessa segunda-feira (4/10) por agredir o árbitro Rodrigo Crivellaro, recebeu liberdade provisória na tarde desta terça-feira (5/10) e deixou a Penitenciária Estadual de Venâncio Aires.

Com antecedentes criminais, William, 30 anos, foi detido depois de empurrar Crivellaro no chão e chutar sua cabeça. O árbitro do duelo entre São Paulo-RS x Guarani, de Venâncio Aires, pela 2ª divisão do Campeonato Gaúcho, ficou desacordado depois do golpe do atleta e precisou ser levado ao hospital. Ele recebeu alta nesta terça.

O Ministério Público quer recorrer da decisão de conceder liberdade provisória ao jogador, enquanto a Polícia Civil investiga o caso e tem prazo de 10 dias para concluir o inquérito e sugerir ou não o indiciamento do MP.

O processo deve correr nas próximas semanas, mas o julgamento de fato pode só ocorrer no ano que vem.

O São Paulo-RS rescindiu o contrato com o jogador e o presidente do clube, Deivid Goulart, declarou: “Lamentável. Lamentável e acima de tudo, revoltante. (…) nosso clube se deparou com um dos episódios mais tristes de sua história, uma fatídica cena que chocou todas as pessoas que amam não só o futebol gaúcho, mas todas aquelas que simplesmente amam o esporte de modo geral.”

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Últimas notícias