Jogador que chutou cabeça de árbitro tem antecedentes criminais; juiz deixa hospital

William Ribeiro teria ficado enfurecido após receber um cartão amarelo. Jogador foi preso e responderá por tentativa de homicídio

atualizado 05/10/2021 16:34

Twitter/Reprodução

Na noite dessa segunda-feira (4/10) em uma partida entre Guarani de Venâncio Aires e São Paulo de Rio Grande, válida pela série A2 do Campeonato Gaúcho de futebol, o árbitro Rodrigo Crivellaro foi fortemente agredido pelo jogador do São Paulo William Ribeiro.

O jogador ficou furioso após receber cartão amarelo por reclamação e então desferiu um soco no rosto do árbitro, que caiu no gramado. Com o juiz da partida ainda no chão, o jogador volta a agredi-lo dessa vez com um chute na cabeça. Veja o momento da agressão:

Segundo testemunhas, que estavam presentes no momento do ocorrido, a cena foi assustadora e o barulho do chute muito alto. O árbitro chegou a desmaiar com o impacto da agressão.

A partida será reiniciada nesta terça-feira (5/10) às 15h30, a partir dos 15 minutos do segundo tempo, com placar parcial de 1 x 0 para o Guarani.

Reincidente

Porém, a agressão ao árbitro da partida não é um caso isolado. William Ribeiro já se envolveu em outros episódios de agressão e tem antecedentes criminais. William tem antecedentes por vias de fato e lesão corporal, em 2009 e 2021.

Recentemente, o jogador se envolveu em uma briga com um torcedor, em jogo contra a Lajeadense. E em 2014, William recebeu cartão vermelho após desferir um soco em um adversário do Pelotas enquanto atuava pelo Guarani de Venâncio.

Prisão

De acordo com o Delegado titular da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento de Venâncio Aires, Vinicius Lourenço de Assunção, William assumiu o risco de um resultado letal, uma vez que Rodrigo já estava praticamente inconsciente quando levou o chute na cabeça.

“Por essa razão ele vai ser autuado pelo artigo 121, com a qualificadora do motivo, que se trata de um motivo fútil”, disse o delegado.

O jogador deixou o estádio na viatura da Brigada Militar do estado e foi preso em flagrante por tentativa de homicídio.

O delegado também informou que o jogador encontra-se custodiado na Polícia Civil e será encaminhado ao Presídio Estadual de Venâncio Aires (PEVA).

Juiz deixa hospital

O juiz da partida foi conduzido para o Hospital São Sebastião Mártir (HSSM) onde passou por exames. No final da manhã desta terça-feira (5/10), Rodrigo Crivellaro recebeu alta após a agressão.

Demissão

Através de nota de esclarecimento, o São Paulo de Rio Grande anunciou a rescisão do contrato do jogador William Ribeiro. O comunicado é assinado por Deivid Goulart Pereira, presidente do clube.

William Ribeiro tem 30 anos e teve passagem pelas categorias de base do Internacional. Ele estava em sua terceira passagem pelo clube gaúcho.

Vídeos
Últimas notícias