David Luiz sobre o 7 x 1: “Carreguei o fardo por muito tempo sozinho”

Seis anos depois, o zagueiro, um dos que estavam em campo naquela partida, resolveu fazer longo desabafo sobre o fatídico jogo no Mineirão

atualizado 23/05/2020 11:14

David Luiz comemora gol pelo BrasilFoto: Reprodução

David Luiz resolveu falar abertamente sobre a goleada histórica de 7 x 1 sofrida pela Seleção Brasileira para a Alemanha na semifinal da Copa do Mundo de 2014. Seis anos depois, o zagueiro, um dos que estavam em campo naquela partida, resolveu fazer um longo desabafo sobre o fatídico jogo no Mineirão.

Em entrevista à BTV, o canal de televisão do Benfica, clube que o projetou no cenário internacional, David Luiz afirmou que o peso da derrota ficou em suas costas por muito tempo. Sem citar nomes, ele disse que várias pessoas se eximiram de culpa no duro revés.

“Eu encarei as câmeras depois do jogo. Os primeiros meses, que é uma memória recente, as pessoas lembravam, no Brasil, do que fiz na Copa do Mundo. Mas depois se apagou e ficou só aquele jogo. Para mim, muitas pessoas se esconderam, não quiseram obter a responsabilidade ou dividir a responsabilidade, e eu carreguei o fardo durante muito tempo sozinho”, disse o zagueiro, hoje no Arsenal, da Inglaterra.

Na Copa de 2014, David Luiz era um dos principais nomes da Seleção Brasileira. O defensor ganhou ainda mais importância antes do duelo com a Alemanha em razão das ausências de Thiago Silva, suspenso, e de Neymar, alijado da partida por lesão. Sem a presença do companheiro de zaga em campo, ele foi o capitão do Brasil no 7 x 1.

“A gente não estava acostumado a perder por dois, três gols, e dar a volta (virada). Durante essa caminhada, a gente não teve esse jogo. E, de repente, foi um baque, você está no Brasil, a gente vai ganhar, e de repente toma um, toma o segundo, e o terceiro em seguida. Um jogo em que dá tudo errado”, relembrou David Luiz, entrevistado de sua casa em Londres.

O jogador refletiu sobre o que poderia ser feito para evitar uma goleada tão elástica. Para o zagueiro do Arsenal, no primeiro tempo, encerrado com um placar de 5 x 0 para os alemães, o time comandado por Luiz Felipe Scolari deveria ter esfriado a partida para não levar mais gols.

“Hoje eu penso, talvez naquela altura, como capitão, se faz 3 x 0 e eu falasse: ‘espera aí, para todo mundo, vem aqui’. Talvez, se a gente fizesse essa preparação, 3 x 0, está dando tudo errado, vamos ficar aqui parados, vamos para o intervalo, volta, a gente faz um gol e isso tudo aqui muda”, comentou.

Vídeos
Últimas notícias