Coronavírus: após perder pai e tio, jogador morre vítima da Covid-19

Deibert Guzmán era considerado uma promessa do futebol boliviano. Ele foi o primeiro jogador do país a morrer vítima da doença

atualizado 29/05/2020 17:19

Divulgação

Morreu aos 25 anos o jogador boliviano Deibert Guzmán. Considerado uma promessa do futebol boliviano, o atleta já havia perdido o pai e o tio vítimas da Covid-19. Ele também morreu por causa da doença causada pelo coronavírus. Guzmán foi o primeiro jogador profissional da Bolívia a morrer por causa da Covid-19.

Guzmán atuava na segunda divisão boliviana, no Universidad de Beni. Ele, entretanto, já havia defendido as cores do Real Potosí, um dos principais clubes do país.

O pai do jogador, Belizario Guzmán, era ex-presidente do Universidad de Beni, enquanto o tio dele, Luis Carmelo Roman era diretor do Deportivo Perejique, outro clube da segunda divisão boliviana.

Vídeos
Últimas notícias