Corinthians volta a vencer o Palmeiras e é bicampeão brasileiro feminino

Maior vencedor da Série A, "Timão" levanta o seu terceiro caneco, sendo o segundo consecutivo, em cinco finais disputadas

atualizado 26/09/2021 23:38

Divulgação/Corinthians

Na noite deste domingo (26/9), o Corinthians levou o seu terceiro Campeonato Brasileiro Feminino, o segundo consecutivo. O título veio após uma vitória tranquila das mulheres do Alvinegro por 3×1 sobre o Palmeiras.

Adriana, craque do jogo, deixou sua marca e ainda deu “assistência” para o gol contra de Agustina. Victória Albuquerque, em um lindo gol de bicicleta, fechou o placar cortinthiano. No segundo tempo, Camilinha marcou outro belo gol e diminuiu para o Palmeiras.

Com a vitória, o Corinthians chega ao seu 22º jogo seguido sem perder. São 18 vitórias e 4 empates. O clube também é soberano no futebol feminino: São três títulos e dois vices em nove edições.

Primeiro tempo

Como não poderia deixar de ser, o clássico começou com o Palmeiras pressionando mais as corinthianas. O Alviverde precisava da vitória, já que perdeu o jogo de ida por 1×0.

Porém, quem assustou primeiro os torcedores foram as jogadoras do “Timão”. Aos oito, Adriana recebeu boa bola em profundidade, acelerou e cruzou rasteiro. A goleira Jully não ficou com a bola, que passou por toda a extensão da área.

A resposta do Palmeiras veio aos 11 minutos. Julia Biachi roubou a bola no meio, partiu para cima e, com espaço, chutou forte. Porém, a bola subiu muito e saiu por cima da meta.

O Corinthians chegou perto do gol aos 18 minutos de jogo. Tamires tocou rápido o lateral para Adriana. A camisa 16 driblou bonito duas adversárias, mas pecou na finalização e chutou para fora.

Adriana estava impossível no jogo e puniu o Palmeiras após uma falha da zaga verde aos 24 minutos. Após um lançamento que veio do campo de defesa, a camisa 16 contou com a falha de Thais e acelerou. Ela driblou a goleiro Jully, mas ficou sem ângulo e chutou para dentro da área e contou com o toque decisivo de Agustina, que tentou tirar a bola, mas jogou contra o próprio patrimônio.

Adriana era realmente o nome da final. Aos 32 minutos, a atacante anotou um golaço. Após um bate e rebate no meio do campo, a bola ficou com Yasmin. Ela avançou e rolou para a melhor em campo nesta noite. Ela chutou de primeira e acertou o ângulo de Jully.

O segundo gol do Corinthians obrigava o Palmeiras a fazer, pelo menos, três gols. A missão ficou ainda mais difícil aos 37 minutos. Victoria, ex-Minas Brasília, aproveitou cruzamento para área, dominou no peito e acertou uma bela bicicleta para balançar as redes pela terceira vez.

De bicicleta! Vic Albuquerque marca golaço na conquista do título brasileiro contra o Palmeiras

Segundo tempo

O Corinthians voltou para o último tempo do campeonato disposto a administrar o resultado construído na primeira etapa. Do lado palmeirense, a equipe tentava o empate, mas falhava nos momentos de definição.

Com esse panorama, quem marcou foi o “Timão”, porém, não valeu. Victória recebeu passe de Adriana e saiu na cara de Jully. A camisa 17 balançou as redes, mas estava em posição irregular.

O jogo foi ficando morno até os 29 minutos, quando Camilinha acertou um lindo chute de fora da área e diminuiu o prejuízo para o Palmeiras, 3×1.

Confira os gols do jogo.

Apesar do ter levado o gol, o Corinthians voltou a administrar o jogo e ficou com o título brasileiro de 2021.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesesportes

Vídeos
Últimas notícias