Copa América: Argentina segura pressão, bate Paraguai e se mantém invicta

Após um primeiro tempo de lampejos, hermanos tiveram que se segurar para vencer com gol de Papu Gómez em Brasília

atualizado 21/06/2021 22:56

Pedro Vilela/Getty Images

A Argentina conseguiu sua segunda vitória consecutiva na Copa América, na noite desta segunda (21/6), no Mané Garrincha, contra o Paraguai. O gol da vitória foi marcado por Papu Gómez, após boa jogada iniciada por Messi e precisa assistência de Dí Maria.

Apesar do resultado positivo, que deixa os hermanos na primeira posição do Grupo A, o talentoso ataque argentino — completado por Sergio Agüero, apagado –, ficou devendo, tendo apenas lampejos de seu talento em campo. O Paraguai, mais organizado no 2º tempo, pressionou, mas não conseguiu fazer o gol de empate e escapar de sua primeira derrota na Copa América.

Líder, com 7 pontos, a Argentina folga durante a semana e só volta a campo daqui a uma semana, contra a Bolívia, na Arena Pantanal. Já o Paraguai permanece em Brasília para enfrentar o Chile, na próxima quarta feira, no Mané Garrincha.

O jogo

Os primeiros minutos de Argentina e Paraguai no Mané Garrincha foram agitados. Após algumas oportunidades desperdiçadas, os hermanos abriram o placar aos 9 minutos de jogo, após uma bela jogada. Messi arrancou pelo meio e tocou para Di Maria na direita. O camisa 11, paciente, observou a movimentação na área e, com muita categoria, enfiou um passe preciso para Papu Gomez abrir o placar.

Depois do gol, apesar de eventuais chegadas do Paraguai, foi a Argentina que demonstrou mais poder de fogo com seu poderoso ataque formado por Messi, Agüero, Di Maria e Papu Gomez. Apesar das oportunidades criadas, a albiceleste não conseguiu ampliar o placar e o jogo entrou em uma dinâmica mais truncada.

Nos minutos finais da primeira etapa, o Paraguai acordou e começou a usar os lados do campo para chegar ao ataque. Porém, na conclusão e no último passe, a equipe de Eduardo Berizzo não conseguia concluir com qualidade.

Antes do final do 1º tempo, deu tempo para momentos de emoção para o Paraguai. Após chute de Di Maria, a bola voltou para o ataque argentino. O cruzamento pela esquerda bateu em Gustavo Gómez, que desviou para a própria meta. O VAR, no entanto, foi acionado e anulou o gol, denunciando impedimento de Messi.

2º tempo

Mais organizado, foi a vez do Paraguai ir ao ataque nos primeiros minutos da etapa complementar. As chegadas pela esquerda, no entanto, foram todas interceptadas pela defesa argentina.

Nas raras chegadas de contra-ataque da Argentina, após conseguir tirar a bola do ataque paraguaio, Messi e Joaquín Correa, que substituiu Agüero, levaram perigo, mas a defesa adversária, atenta, evitou o gol.

 

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias