Com dois de Luciano, São Paulo desencanta no 2º tempo e vence o Bahia

Tricolor Paulista ainda contou com boa atuação de Reinaldo, o garçom da noite, com três assistências

atualizado 28/11/2020 21:07

TIAGO CALDAS/FOTOARENA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDO

O São Paulo continua sua caçada à liderança do Campeonato Brasileiro. Vivendo seu melhor momento na temporada, o time comandado por Fernando Diniz conseguiu uma bela e importante vitória sobre o Bahia na Fonte Nova, em Salvador, na noite deste sábado (28/11).

Após um 1º tempo agitado, mas sem gols, o São Paulo desencantou na segunda etapa, e com dois gols do artilheiro Luciano e um de Arboleda, venceu o time da casa por 3 x 1. Clayson diminuiu para os baianos. Outro destaque da partida foi o lateral Reinaldo, que contribuiu com três assistências.

Com o resultado, o São Paulo chega a 41 pontos e está na vice-liderança da competição, apenas atrás do Atlético-MG, que tem dois jogos a mais.

O jogo

A etapa inicial do duelo foi bastante agitada. Logo aos quatro minutos, Rossi teve a primeira boa oportunidade, defendida por Tiago Volpi. Do outro lado, Brenner também desperdiçou chances.

Aos 27, o VAR foi acionado após Tiago Volpi ter acertado o rosto de Ernando em uma saída de bola na área. Após análise do lance, o árbitro Leandro Vuaden decidiu manter o escanteio marcado.

Depois, já no fim do 1º tempo, o Bahia pressionou, com lances perigosos de Gregore e Alesson, respondidos por Arboleda, que quase abriu o placar de cabeça.

2º tempo

Na etapa complementar, o São Paulo desencantou. Luciano marcou um belo gol logo aos 6 minutos. Reinaldo lançou na área, cobrando lateral. Ernando e Juninho não conseguiram limpar e a bola sobrou para Luciano, marcar de bicicleta. A bola ainda bateu em Juninho e entrou.

Aos 20, o São Paulo ampliou. Reinaldo mandou a bola para o meio da área e Arboleda subiu para mandar no canto direito de Douglas e marcar o segundo do Tricolor Paulista no jogo.

Aos 28, Luciano marcou o segundo dele no jogo, Daniel Alves abriu para Reinaldo, que cruzou rasteiro para Luciano mandar no canto esquerdo de Douglas.

Ainda deu tempo para o Bahia diminuit aos 35. Nino Paraíba recebeu na lateral, avançou e mandou rasteiro para a chegada de Clayson, que não perdoou.

Vídeos
Últimas notícias