Inglaterra dá show contra o Panamá na maior goleada da Copa: 6 x 1

Kane agora é o artilheiro isolado da competição. Gol dos panamenhos, no entanto, foi muito comemorado pela torcida

atualizado 24/06/2018 11:50

Clive Brunskill/Getty Images

Depois de um primeiro tempo arrasador, a Inglaterra marcou mais um nos 45 minutos finais e aplicou a maior goleada até aqui na Copa do Mundo de 2016. O atacante Harry Kane fez três e chegou aos cinco gols no Mundial, deixando Cristiano Ronaldo e Lukaku para trás na artilharia da competição. Ambos têm quatro gols. Placar final: Inglaterra 6 x 1 Panamá.

No entanto, o único gol panamenho, aos 32 minutos da etapa final, teve um sabor enorme para o time. Coube ao zagueiro Baloy balançar a rede pela primeira vez na história do país numa Copa do Mundo. O Panamá é estreante em mundiais e o gol levou a torcida ao delírio, além de emocionar o jogador, que chorou.

O jogo
No primeiro tempo, os ingleses abriram o placar logo aos 8 minutos de jogo, com uma bela cabeçada de Stones, após cobrança de escanteio. O zagueiro inglês subiu sozinho, livre de marcação. O gol saiu muito cedo e já obrigou o ingênuo time do Panamá a partir para o ataque e “correr para aliviar o prejuízo”.

Não deu certo. A situação só piorou para os panamenhos. Após rápido contra-ataque, o atacante inglês foi derrubado na área panamenha. Suspense que o árbitro de vídeo logo solucionou. Foi pênalti e Harry Kane definiu: chute forte, alto, no ângulo direito do goleiro Penedo. E 2 x 0 no placar.

Teve mais. Lingard recebeu passe na entrada da área de Sterling e bateu colocado, sem chances para Penedo, 3 x 0. Um golaço do camisa 7, aos 35 minutos. No quarto gol, aos 39 do primeiro tempo, Henderson recebeu passe na entrada da área, cruzou de primeira na cabeça de Kane. Ele escorou para Sterling, que finalizou para a defesa de Penedo. No rebote, Stones aproveitou para fazer o seu segundo no duelo. E, na sequência, após confusão na área, o juiz marcou novo pênalti. Harry Kane, o Furacão, converteu seu segundo gol no duelo: 5 x 0.

0

No segundo tempo, a Inglaterra seguiu dominando o jogo. O time ampliou o marcador quando Loftus-Cheek chutou de longe, a bola desviou em Kane e foi para o gol. O árbitro de vídeo foi acionado antes da validação, já que havia dúvida quanto a posição do atacante inglês. Gol válido, Kane artilheiro isolado da Copa: 6 x 0. Poucos minutos depois, foi a vez de Baloy descontar para o Panamá e a vibração invadir o estádio. O autor do primeiro gol panamenho da história da copa ficou visivelmente emocionado. Placar final: Inglaterra 6 x 1 Panamá.

Ficha técnica

Inglaterra 6 x 1 Panamá

Inglaterra: Pickford; Walker, Stones e Maguire; Trippier (Rose), Loftus-Cheek, Henderson, Lingard (Delph) e Young; Sterling e Harry Kane Vardy. Técnico: Gareth Southgate

Panamá: Penedo; Murillo, R. Torres, Escobar e Davis; Gomez (Felipe Baloy), Cooper, Godoy (Ricardo Ávila), Barcenas (Arroyo) e J. Rodríguez. Perez. Técnico: Gomez Hernan.

Gols – Stones, aos sete, Harry Kane, aos 22, Lingard, aos 36, Stones, aos 40, e Harry Kane, aos 46 minutos do primeiro tempo; Harry Kane, aos 17, e Felipe Baloy, aos 32 minutos do segundo tempo

Árbitro: Ghead Grisha (Fifa/Egito).

Local: Nijni Novgorod Stadium, em Nizhny Novgorod (Rússia).

Vídeos
Últimas notícias