Brasiliense x Goiás marca início da briga pelas quartas da Copa Verde

Primeiro encontro entre as equipes ocorre nesta quarta-feira (14/08/2019), na Boca do Jacaré, em Taguatinga

Lucas Bolzan/Especial Para o MetrópolesLucas Bolzan/Especial Para o Metrópoles

atualizado 13/08/2019 11:45

Nesta quarta-feira (14/08/2010), às 15h, o Brasiliense entra em campo para mais um desafio da Copa Verde 2019. Depois da suada classificação nos pênaltis, quando superou o Vitória/ES na fase anterior da competição, o adversário da vez é a equipe do Goiás, que está na Série A do futebol brasileiro, reeditando um clássico regional que não acontecia há muito tempo. O duelo na Boca do Jacaré promete ser disputado. As duas equipes terão confrontos de ida e volta para definir qual será o classificado às quartas de final da competição nacional, que dá ao campeão o direito de entrar diretamente nas oitavas de final da Copa do Brasil 2020.

Ao todo, Brasiliense e Goiás se enfrentaram seis vezes na história do confronto, sendo duas partidas pelo Campeonato Brasileiro da Série A, em 2005, e quatro confrontos pela Copa do Brasil (2004 e 2009). No retrospecto, o Goiás leva a melhor, com três vitórias contra uma apenas do Brasiliense, além de dois empates. Porém, para mudar esse panorama, a equipe busca, com toda força de casa, abrir uma boa vantagem e dar mais um passo na luta do inédito título.

Para este jogo, o técnico Ricardo Antônio realizou um intenso trabalho de preparação, desde a classificação contra os capixabas. Aproveitando o embalo de empolgação, o comandante do Jacaré busca de todas as maneiras encaixar o melhor molde para uma grande atuação diante do alviverde goiano.

Com todos os jogadores à disposição, várias formações táticas foram testadas e a real equipe que deverá ir para o confronto continua em sigilo, com a expectativa de ser divulgada apenas horas antes do duelo.

Após alguns sustos gerados na última partida, como as contusões de Jobson, Aldo e Alex Murici, os três jogadores tiveram intenso tratamento no departamento médico e já estão em perfeitas condições para a partida. Outro atleta recuperado é o meia Edno, que teve um estiramento na coxa esquerda.

Pensando no duelo, Ricardo Antônio confiará mais uma vez no sistema defensivo, em especial no goleiro Edmar Sucuri, que vem tendo grandes atuações. Porém, uma grande incógnita é a falta de gols.

Para romper essa barreira, o treinador do Jacaré trabalhou as finalizações. “Trabalhei muito durante essa semana as finalizações e conversei com os atletas, com a esperança de que eles possam dar a vida neste confronto contra o Goiás”, pontuou o treinador.

Comandará Brasiliense x Goiás um trio mato-grossense. Alinor da Silva Paixão será o árbitro, auxiliado por Marcelo Grando e Renan Antônio Angelim Rodrigues. Como quarto árbitro, Vanderlei Soares, do Distrito Federal, ficará na beira do campo, com Jamir Garcez sendo o analista do jogo.

Os ingressos serão vendidos apenas no dia da partida, na bilheteria da Boca do Jacaré. Os valores continuam os mesmos dos últimos jogos, com a arquibancada oeste no valor de R$ 10 e as cadeiras no valor de R$ 20, ambos preços de meia entrada.

Últimas notícias