Brasiliense goleia o Gama e assume a liderança do grupo na Série D

No gramado da Boca do Jacaré, a equipe amarela, que estava estreando seu novo uniforme, dominou o jogo, especialmente no 1º tempo

atualizado 21/11/2020 19:36

BrasilienseIgo Estrela/Metrópoles

O Brasiliense assumiu a liderança do grupo A6 ao bater o Gama, por 3 a 0, na tarde deste sábado (21/11). No gramado da Boca do Jacaré, a equipe amarela, que estava estreando seu novo uniforme, dominou o jogo, especialmente no primeiro tempo, e foi cirúrgico nas chances que construiu.

Com o resultado, os donos da casa abocanhou a liderança do grupo A6, com 30 pontos, e passa à frente em números de vitórias e em confrontos diretos, com 22 a 21.

Os gols foram marcados por Jefferson Maranhão – que balançou a rede pela primeira vez com a camisa amarela – e Luquinhas no primeiro tempo. Zé Love fechou a conta na segunda etapa.

0

Para confirmar a primeira posição na chave, o Brasiliense joga a última rodada contra a Caldense, na próxima sexta-feira (27/11), no Estádio Ronaldo Junqueira, em Poços de Calda-MG.

Jacaré cirúrgico

Como já era esperado, a partida começou tensa. A rivalidade e a importância do resultado faziam com que as equipes buscassem um jogo mais cauteloso, forçando as jogadas pelos lados do campo. Explorando o seu forte lado direito, o Jacaré foi quem ameaçou primeiro. Aos dois minutos, Diogo cruzou para o meio da área e Zé Love finalizou de peixinho por cima do gol.

Apostando na mesma formação tática, ambas as equipes marcavam bem, adiantando as linhas e neutralizando os ataques. A disputa por quem aplicava um jogo mais tático deixou a partida sem grandes emoções até os 20 minutos, quando Peu cobrou escanteio na cabeça de Balotelli, que também testou por cima da meta alviverde.

Aos 23 minutos, o sistema defensivo do Gama falhou. Emerson errou a saída de bola, Luquinhas pegou a sobra, rabiscou dentro da área e bateu cruzado nas mãos de Calaça. O Gama chegou pela primeira vez aos 31. Em jogada ensaiada na cobrança de falta, Julio Lima arriscou de fora e a bola se perdeu pelo lado esquerdo.

Após a parada técnica, o Jacaré encaixou duas descidas cirúrgicas, que resultaram em bola na rede. Aos 34 minutos, Fernando Henrique lançou Zé Love, que só desviou de cabeça pra Jefferson Maranhão invadir a área e estufar a rede abrindo o placar. Dois minutos depois, Diogo cruzou na medida para Luquinhas pegar de primeira e acertar o ângulo esquerdo. Intervalo de jogo: 2 x 0 para o Brasiliense.

Zé Love fecha a conta

Espelhando o bom desempenho da primeira etapa, o Jacaré voltou do intervalo tomando as ações do jogo. Aos 3 minutos, Peu cobrou uma falta frontal e a bola saiu tirando tinta do travessão. A equipe alviverde respondeu três minutos mais tarde. Em jogada de Everton pela esquerda, a bola sobrou para Nunes, que finalizou travado com Peu.

Com oito minutos jogados, Luquinhas foi lançada em velocidade. O atacante rolou para Zotti, que cruzou para o meio da área e Zé Love se antecipou a marcação para cabecear e fazer o terceiro do Jacaré.

0

O Gama se lançou ao ataque após o gol e conseguiu três boas chegadas. A primeira no chute de Everton, que Fernando Henrique defendeu sem problemas aos 13 minutos. Aos 16, Andrei Alba arriscou de fora, o arqueiro do Jacaré soltou e a defesa colocou para escanteio. Na cobrança, Andrei Alba arriscou direto e Fernando Henrique fez uma linda defesa evitando o gol olímpico.

Correndo atrás do resultado, a equipe alviverde buscava chegar ao gol, mas parava nas mãos de Fernando Henrique, que defendeu a meia bicicleta de Michel Platini aos 27 minutos e o chute de longe de Ueslei, dois minutos depois.

Administrando a vantagem, o Brasiliense esperava o erro adversário para encaixar um contra-ataque. Aos 48, Romarinho recebeu de Rodrigo Fumaça dentro da área e bateu em cima de Calaça. Exemplar dentro de campo, placar final decretou a vitória do Jacaré por 3 x 0.

Vídeos
Últimas notícias