Bicampeão: Flamengo de Gabigol repete Santos de Pelé e Inter de Falcão

Com os títulos de 2019 e 2020, o time rubro-negro carioca atual iguala o feito de grandes esquadrões do futebol nacional

atualizado 26/02/2021 0:34

Gabigol FlamengoBuda Mendes/Getty Images

O Flamengo campeão brasileiro de 2020 esteve distante do brilho de 2019, mas nem por isso deixa de ser histórico. Ao erguer o troféu no estádio Morumbi, com vitória sobre o São Paulo, o rubro-negro garantiu o bicampeonato consecutivo, honraria reservada a pouquíssimos no Brasil.

O Flamengo de Gabigol – por que não? – igualou feitos de Santos de Pelé, Inter de Falcão, São Paulo de Rogério Ceni e o próprio Flamengo de Zico. Todos com duas conquistas de Nacional de forma consecutiva.

Para se colocar ao lado de esquadrões como esses, Gabigol precisou se reinventar. Mais uma vez na briga pela artilharia – ficou a 5 gols do melhor atacante da edição 2020 -, ele foi decisivo na reta final do Flamengo. Para isso, precisou superar a fama de encrenqueiro e passou 18 jogos pendurado com dois cartões amarelos. Sem reclamar ou se envolver em confusão, ele só não pôde ajudar muito na decisão diante do São Paulo, quando deixou o campo machucado no início do segundo tempo.

0

Em apenas dois anos de Flamengo, o camisa 9 de 24 anos acumula nada menos do que: 2 campeonatos brasileiros, 2 campeonatos cariocas, 1 Copa Libertadores, 1 Supercopa do Brasil e 1 Recopa Sul-Americana. Individualmente, ainda levou as chuteiras de ouro da Libertadores 2019 (9 gols), do Brasileirão 2019 (25 gols) e do Campeonato Carioca 2020 (8 gols).

Os bicampeões do Campeonato Brasileiro

O bicampeonato do Flamengo só foi repetido por sete times na história da competição, desde 1959. O Santos carimbou seu bicampeonato em 1961 e 1962. Com ninguém menos que Pelé no comando, enfileirou ainda as conquistas de 1963, 1964 e 1965. O recorde. Outro que ostenta sequências incríveis é o Palmeiras. O time venceu em 1967 a Taça Brasil e o Roberto Gomes Pedrosa de uma vez, com Ademir da Guia de estrela. Em 1993/94, Edmundo e Evair conduziram o Alviverde a novo bi.

Corinthians (1998/1999), Internacional (1975/1976), São Paulo (2006 a 2008) e Cruzeiro (2013/2014) completam a lista de bicampeões. Além deles, o próprio Flamengo, com Zico no comando, conquistou o bi em 1982/1983.

Vídeos
Últimas notícias