Barcelona continua reestruturação e demite o diretor esportivo Eric Abidal

Após o vexame para o Bayern de Munique, clube espanhol já havia anunciado a saída de Quique Setién

atualizado 18/08/2020 15:30

O Barcelona prometeu uma ampla reestruturação no clube após o vexame sofrido para o Bayern de Munique pela fase quartas de final da Champions League. Após anunciar a demissão do técnico Quique Setién, o clube resolveu cortar vínculos com Eric Abidal, ex-jogador e, agora, ex-diretor esportivo do time.

“O FC Barcelona e Eric Abidal chegaram a um acordo para rescindir o contrato que unia ambas as partes. O clube expressa publicamente a sua gratidão a Abidal pelo seu profissionalismo, empenho e dedicação (…)”, escreveu clube em comunicado.

“Esta é a primeira decisão no âmbito de uma ampla reestruturação do time principal, que será feita a partir do consenso entre a atual secretaria técnica e o novo treinador, que será anunciado nos próximos dias”, anunciou o clube catalão.

Em relação ao treinador, o provável substituto de Setién é Ronald Koeman. Atualmente comandando a seleção da Holanda, o técnico é ex-ídolo do Barcelona e está a detalhes de fechar contrato e ser anunciado.

Vídeos
Últimas notícias