Lá vem eles de novo: Bayern massacra o Barcelona por 8 x 2 na Champions

Humilhante placar foi construído com dois gols de Müller, dois de Coutinho um de Lewandowski, Gnabry, Kimmich e Perisic

atualizado 14/08/2020 17:51

Bayern de MuniqueM. Donato/Getty Images for FC Bayern

O Barcelona que enfrentou o Bayern de Munique na tarde desta sexta (14/8) lembrou muito a Seleção Brasileira. Mas não o Brasil pentacampeão, de Pelé, Ronaldo e Romário, e sim aquele que perdeu por 7 x 1 para a Alemanha na semifinal da Copa de 2014.

Assim como naquele dia, Müller, Neuer e Boateng estiveram em campo para ajudar a humilhar outro gigante. Pelo placar de 8 x 2, o Bayern de Munique finalizou uma temporada para o Barcelona esquecer, que contou com a perda do título espanhol para o Real Madrid e problemas de relacionamento entre o elenco, técnico e diretoria.

Essa foi a terceira vez seguida que o Barcelona é eliminado de forma humilhante na Champions League. Em 2018, perdeu de 3 x 0 para a Roma nas quartas de final. Em 2019, foi o Liverpool, nas semifinais, que aplicou um sonoro 4 x 0 no time espanhol para virar um placar de 3 x 0 levado no Camp Nou.

Agora, o Bayern de Munique espera o vencedor de Manchester City x Lyon para descobrir o seu rival na semifinal da Champions League.

O jogo

O Bayern de Munique resolveu começar logo os trabalhos. Logo aos três minutos, Perisic avançou pela esquerda e cruzou na área. Müller e Lewandowski tabelaram, o artilheiro ajeitou em uma boa para o camisa 25 bater no canto de Ter Stegen e inaugurar o placar.

Se o Bayern achava que ia ter vida fácil, errou. Aos seis minutos, Jordi Alba recebeu longo lançamento, invadiu a área pelo lado esquerdo e tentou encontrar Suárez. No entanto, Alaba apareceu e…interceptou para a própria meta, encobrindo Neuer e empatando o placar.

Aos 21, os alemães voltaram a se colocar à frente do placar. O Barcelona tentou sair com a bola, mas Gnabry roubou. Perisic assumiu o comando e chutou cruzado, forte, sem chances para Ter Stegen, que ainda esticou a perna para tentar evitar o gol, sem sucesso.

Os alemães aumentaram a diferença aos 26 minutos. Após jogada pelo meio, Goretzka deu um belo passe por cima para Gnabry, que venceu a marcação e marcou o terceiro do Bayern do jogo.

E lá vem eles…aos 30, a defesa do Barcelona, desatenta mais uma vez, perdeu a bola para Kimmich, que cruzou na medida para Müller marcar o seu segundo no jogo.

2º tempo

Na etapa complementar, o Bayern manteve o ritmo e chegou ao seu quinto gol logo aos sete minutos. No entanto, a arbitragem flagrou impedimento de Müller no lance que resultou em gol de Lewandowski, e o placar se manteve em 4 x 1.

Aos 11, o Barcelona conseguiu diminuir. Suárez recebeu de Jordi Alba, bateu Boateng e acertou o canto esquerdo de Neuer. Mal deu tempo dos espanhóis terem esperança. Aos 17, o canadense Alphonso Davies deixou Semedo na saudade, invadiu a área pela linha de fundo e deixou Kimmich na cara do gol, para fazer o 5 x 2.

O massacre ficou pior aos 36. E teve participação brasileira: Coutinho brigou pela bola contra a defesa do Barcelona, venceu e cruzou na medida para Lewandowski, é claro, marcar o sexto gol dos bávaros. Minutos depois, Coutinho, emprestado ao Bayern pelo clube catalão, marcou o sétimo do Bayern e definiu o humilhante placar da partida.

Vídeos
Últimas notícias