Atlético-MG domina Cuiabá e fica perto da Libertadores

Com o resultado, o Atlético chegou a 55 pontos e encerrou a rodada em sétimo lugar

atualizado 10/11/2022 22:17

Pedro Souza / Atlético

O Atlético-MG deu um passo importante para garantir vaga na próxima Libertadores. Na noite desta quinta-feira, venceu o Cuiabá por 3 x 0, com dois gols de Keno e um de Eduardo Vargas. A partida, válida pela 37ª e penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, foi a última do time no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), nesta temporada, e contou com mais de 28 mil torcedores.

Com o resultado, o Atlético chegou a 55 pontos e encerrou a rodada em sétimo lugar. Assim, só depende de um empate para se garantir no G-8, que dá vagas à fase preliminar da Libertadores. Os mineiros, porém, ainda têm chances de se classificarem direto à fase de grupos, pois o Athletico-PR, que fecha o G-6, também tem 55 pontos.

Apesar da derrota, o Cuiabá está muito perto de garantir matematicamente sua permanência. Com 38 pontos, está em 16º lugar, uma fora da zona de rebaixamento, aberta pelo Atlético-GO, com 35. Mesmo se os goianos empatarem na última rodada, ainda precisariam tirar a diferença no saldo de gols, atualmente de -12 a -18.

Os dois times voltam a campo no próximo domingo, às 16h, para a 38ª e última rodada. O Atlético-MG encerra a temporada ao visitar o Corinthians, na Neo Química Arena, em São Paulo (SP). O Cuiabá joga diante do seu torcedor, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), contra o Coritiba.

O Atlético-MG conseguiu aliviar a pressão logo aos três minutos. Após cruzamento de Mariano, a zaga do Cuiabá se atrapalhou e não conseguiu tirar. Keno, praticamente em cima da linha, completou para o gol.

Os mineiros seguiram no ataque e levaram perigo em cobrança de Nacho Fernández, que exigiu bela defesa de Walter. Vargas também arriscou da meia-lua, após bonita matada no peito, mas o chute desviou e foi para fora.

A situação ficou ainda mais tranquila para o Atlético quando Keno apareceu novamente para fazer o segundo. Aos 44 minutos, Keno roubou a bola ainda atrás do meio-campo, disparou e acionou Vargas no lado direito. O chileno invadiu a área e devolveu para o companheiro, livre na pequena área, apenas completar.

Dominante, o Atlético não demorou muito para fazer o terceiro gol no segundo tempo. Aos dez minutos, Keno arriscou de fora da área, a bola desviou, mas ficou viva na área e Vargas chegou para finalizar forte e aumentar o placar.

Com a ampla vantagem, o Cuiabá não teve força para reagir e o Atlético, já pensando na rodada decisiva, apenas controlou o ritmo. Até teve boa chance nos minutos finais com Pavón, que exigiu grande defesa de Walter, mas o placar terminou mesmo 3 x 0.

FICHA TÉCNICA

ATLÉTICO-MG 3 X 0 CUIABÁ

ATLÉTICO-MG – Everson; Mariano, Jemerson, Réver (Nathan Silva) e Dodô (Rubens); Otávio, Jair (Calebe), Zaracho (Pavón) e Nacho Fernández; Keno (Ademir) e Vargas. Técnico: Cuca.

CUIABÁ – Walter; João Lucas, Joaquim, Alan Empereur e Igor Cariús; Camilo, Denilson e Rafael Gava (Osorio); Jonathan Cafu (Felipe Marques), Deyverson (Rodriguinho) e André Luís (Lucas Cardoso). Técnico: Bruno Lazaroni (auxiliar).

GOLS – Keno, aos três, e aos 44 minutos do primeiro tempo. Eduardo Vargas, aos dez minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Bruno Arleu de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS – Keno (Atlético-MG). Alan Empereur, Igor Cariús, Denilson e Deyverson (Cuiabá).

PÚBLICO – 28.824 presentes.

RENDA – R$ 738.279,75.

LOCAL – Mineirão, em Belo Horizonte (MG).

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias