Atlético-GO vence Chapecoense fora e sela permanência na Série A

O único gol da partida foi de Arthur Henrique, em um chute despretensioso aos 42 minutos do segundo tempo

atualizado 03/12/2021 23:23

Atlético-GO vence Chapecoense e se mantém na série BReprodução/ Série B

Apesar de um confronto com baixo nível técnico, o Atlético-GO contou com a sorte e venceu a Chapecoense, por 1 a 0, na Arena Condá, em Chapecó (SC), nesta sexta-feira, em jogo da 36ª rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi de Arthur Henrique, num chute sem querer aos 42 minutos do segundo tempo.

A vitória selou a permanência do Atlético-GO na Série A de 2022. Os goianos aparecem em 11º lugar, com 47 pontos ganhos. Enquanto a Chapecoense, já rebaixada, segue na lanterna, com 15, em uma campanha com uma vitória, 12 empates e 23 derrotas.

O confronto deveria ter sido realizado no dia 26 de novembro, mas um dia antes a delegação do Atlético-GO e o trio de arbitragem tiveram dificuldades em desembarcar no aeroporto de Chapecó devido às condições climáticas, obrigando a CBF a adiar o confronto para nova data.

Como esperado, o primeiro tempo foi bastante truncado e com pouquíssimas chances de gol. O Atlético-GO foi extremamente cauteloso como visitante e só teve oportunidades em chutes de longa distância, como aconteceu aos dez e aos 26 minutos, ambos do atacante Janderson.

Já a Chapecoense se esforçou para ficar com a bola no campo de ataque, mas teve muitas dificuldades com a marcação goiana. Tanto é que a melhor chance de abrir o placar aconteceu apenas aos 33 minutos, quando Bruno Silva obrigou ótima defesa do goleiro Fernando Miguel.

No segundo tempo, o Atlético-GO voltou com postura mais ofensiva e não deixou a Chapecoense jogar. Aos 15 minutos, Marlon Freitas puxou contra-ataque, preferiu jogada individual e finalizou à esquerdo do goleiro Fernando Miguel, que só acompanhou a bola sair pela linha de fundo.

Muito mais na força de vontade do que na técnica, a Chapecoense pouco fez para sair de campo com a vitória. Aos 27 minutos, em lance isolado, Rodriguinho viu o goleiro Fernando Miguel adiantado e finalizou por cobertura, mas para fora, rendendo aplausos dos torcedores.

Na reta final da partida, o Atlético-GO seguiu com maior posse de bola e, sem querer, encontrou o gol da vitória. Aos 42 minutos, Arthur Henrique recebeu na esquerda, tentou cruzar, mas acertou o ângulo do goleiro João Paulo, dando números finais ao confronto em território catarinense.

A Chapecoense volta a campo na segunda-feira para enfrentar o Sport, às 21 horas, na Arena Condá, em Chapecó (SC). Enquanto o Atlético-GO, no mesmo dia, mas às 20 horas, visitará o Internacional, no Beira-Rio, em Porto Alegre (RS).

FICHA TÉCNICA

CHAPECOENSE 0 X 1 ATLÉTICO-GO

CHAPECOENSE – João Paulo; Ezequiel, Joílson, Ignácio e Busanello; Moisés Ribeiro, Lima (Geuvânio), Ronei e Mike (Marquinho); Henrique Almeida (Perotti) e Bruno Silva (Rodriguinho). Técnico: Felipe Endres.

ATLÉTICO-GO – Fernando Miguel; Dudu, Éder, Oliveira e Arthur Henrique; Willian Maranhão, Marlon Freitas (Arnaldo) e Rickson (Matheus Barbosa); Janderson (Werley), Zé Roberto (Toró) e Ronald (Lucão). Técnico: Marcelo Cabo.

GOL – Arthur Henrique, aos 42 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO – Caio Max Augusto Vieira (RN).

CARTÕES AMARELOS – Éder e Arthur Henrique (Atlético-GO).

RENDA – R$ 23.485,00.

PÚBLICO – 1.134 pagantes.

LOCAL – Arena Condá, em Chapecó (SC).

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles: https://t.me/metropolesesportes

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias