Após atuações abaixo da média, Fernando Diniz defende Daniel Alves

Meia chegou a nove atuações consecutivas na classificação contra o Fortaleza, mas não vem sendo decisivo com a camisa do São São Paulo

atualizado 26/10/2020 19:13

Rubens Chiri/saopaulofc.net

Depois de passar pelo Fortaleza na Copa do Brasil, o técnico Fernando Diniz saiu em defesa do veterano Daniel Alves. Após se recuperar de lesão no braço, o meia fez nove partidas consecutivas pelo Tricolor, mas vem sendo cobrado pela torcida por atuações não tão boas com a camisa do São Paulo.

Na classificação contra o time do Ceará, Daniel Alves bateu uma das penalidades e converteu sua cobrança. Mas errou lances bobos, como passes fáceis. O treinador defendeu seu jogador.

“É a nossa maior referência. Ele entrega muitas coisas, no campo daria pra ver também, mas a gente enxerga mais as coisas superficiais, quando erra um passe ou acerta. Tem taxa de trabalho sempre grande, corre o tempo todo, sempre bate recorde no GPS. Coloca todo mundo para cima, tem frieza para decidir, espírito de luta invejável. É um grande privilégio ter o Daniel”, disse o técnico.

O meia vem sendo criticado pela pouca produtividade no ataque do Tricolor paulista. Daniel Alves não marca gols há 17 partidas e não dá uma assistência há 34 jogos. Contra o Fortaleza, ele foi o segundo jogador que mais errou passes, com 13 passes errados.

O Tricolor volta a campo nesta quarta-feira (28/10). O time de Diniz enfrenta o Lanús na estreia da Copa Sul-Americana. O time visita os argentinos.

Vídeos
Últimas notícias