Após 17 anos, zagueiro confessa calote em Messi, mas promete pagar

Pablo Alvarado deve US$ 50 ao jogador do Barcelona por uma partida realizada há 17 anos

atualizado 02/07/2021 13:54

Reprodução

Lionel Messi está bem resolvido financeiramente. De acordo com a Forbes, o argentino foi o atleta mais bem pago de 2020, com rendimentos de US$ 126 milhões (cerca de R$ 664 milhões). No entanto, como dívida é dívida, um antigo companheiro promete pagar uma singela quantia em falta com o craque.

A história é de 2004, quando a Federação Argentina de Futebol (AFA) temia perder Messi para a seleção da Espanha e organizou um amistoso sub-20 para convocar o jovem talento. A partida, realizada contra o Argentino Jrs., terminou em 8 x 0. Pela participação no jogo, Messi teria o direito de receber US$ 50.

Na hora de pagar, no entanto, o responsável pelo dinheiro só tinha uma nota de US$ 100 para dois destinatários: Messi e Pablo Alvarado, que hoje atua no Palestino, do Chile.

“Não tenho 50 para te dar, você tem?”, perguntou Alvarado a Messi. La Pulga respondeu: “Não, não se preocupe, você me dá depois”.

Dezessete anos depois, o jornalista argentino Panqui Molina ressuscitou o assunto em suas redes sociais. Após ser questionado sobre a dívida, Alvarado afirmou que não foi por má intenção e explicou o ocorrido. “Nunca mais o encontrei. Assim que eu o encontrar, darei de volta”, respondeu, em um tuíte.

Vídeos
Últimas notícias