metropoles.com

Além de Maradona, só presidentes da Argentina e Fangio foram velados na Casa Rosada

A última vez que a sede do governo argentino foi palco desse tipo de despedida foi há dez anos, na morte de Néstor Kirchner, em 2010

atualizado

Compartilhar notícia

Rodrigo Valle/Getty Images
Casa Rosada com bandeira de Maradona
1 de 1 Casa Rosada com bandeira de Maradona - Foto: Rodrigo Valle/Getty Images

Milhares de argentinos estão reunidos na manhã desta quinta-feira (26/11), em frente à Casa Rosada, para se despedir de Diego Armando Maradona. O ídolo está sendo velado na sede do governo da Argentina, uma honraria para poucos no país.

A família de Maradona aceitou o convite do presidente Alberto Fernández para realizar o velório no local. Antes do eterno camisa 10 argentino, somente um esportista havia sido velado na sede do governo: o piloto Juan Manuel Fangio, pentacampeão de Fórmula 1, em 1995. Ele morreu vítima de insuficiência crônica renal, aos 84 anos.

Aos 60 anos, Maradona recebe a mesma homenagem de Fangio e que costuma ser exclusiva para ex-presidentes da Argentina. Além dos dois esportistas, somente Bartolomé Mitre, Manuel Quintana, Carlos Pellegrini, Roque Saenz Peña, Julio Roca, Marcelo Torcuato de Alvear e Néstor Kirchner tiveram o funeral no local histórico.

0

A última vez que a Casa Rosada foi palco desse tipo de despedida foi há dez anos, na morte de Néstor Kirchner. Na ocasião, o ex-presidente foi saudado por milhares de pessoas em uma cerimônia que durou mais de 24 horas.

Compartilhar notícia

Quais assuntos você deseja receber?

sino

Parece que seu browser não está permitindo notificações. Siga os passos a baixo para habilitá-las:

1.

sino

Mais opções no Google Chrome

2.

sino

Configurações

3.

Configurações do site

4.

sino

Notificações

5.

sino

Os sites podem pedir para enviar notificações

metropoles.comEsportes

Você quer ficar por dentro das notícias de esportes e receber notificações em tempo real?