Campeã da São Silvestre, Roseli Machado morre de Covid-19, aos 52 anos

A atleta estava internada em Curitiba havia duas semanas, mas não resistiu às complicações da doença provocada pelo novo coronavírus

atualizado 08/04/2021 13:38

Roseli Machado vence prova da Corrida de São Silvestre, em 1996Tião Moreira/Divulgação/CBAt

A campeã da Corrida de São Silvestre de 1996, Roseli Aparecida Machado, morreu nesta quinta-feira (8/4), aos 52 anos, vítima de Covid-19, em Curitiba (PR). De acordo com a Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), ela estava intubada havia duas semanas, mas não resistiu às complicações da doença.

“A Roseli teve uma história no atletismo brasileiro, venceu a São Silvestre, integrou a Seleção Brasileira, treinou nos Estados Unidos. Nós tínhamos uma grande amizade, fomos atletas pelo mesmo clube, treinamos juntos quando eu era juvenil, defendemos Londrina no começo das nossas carreiras. Estou muito sentido, vem as lembranças…”, lamentou o presidente do Conselho de Administração da CBAt, Wlamir Motta Campos.

Além do título da São Silvestre em 1996, Roseli representou o Brasil nos Jogos Olímpicos de Atlanta no mesmo ano. Ela terminou a prova em 22º lugar. A carreira, no entanto, acabou de forma precoce, em 1997, após insucesso numa cirurgia.

Vídeos
Últimas notícias