Morre “Suíço”, atleta olímpico de vôlei, vítima da Covid-19

Ex-jogador faleceu aos 67 anos e defendeu a Seleção Brasileira nos jogos de 1976 e 1980, em Montreal e Moscou

atualizado 02/04/2021 18:40

"Suíço", ex-jogador de vôlei, morre de Covid-19Reprodução / Facebook

Morreu nesta sexta-feira (2/4) Jean Lu Rosat, jogador de vôlei da Seleção Brasileira que disputou as Olímpiadas em 1976, em Montreal e 1980 em Moscou. “Suíço”, como era conhecido, faleceu aos 67 anos, mais uma vítima da Covid-19 no Brasil.

O ex-jogador da seleção faleceu no dia que tomaria a vacina contra a doença, segundo o calendário de vacinação do Rio de Janeiro. Suíço nasceu em Montevidéu, no Uruguai, mas veio ainda novo com a família para o Brasil. No Rio de Janeiro defendeu o Botafogo, atuando com nomes como Bebeto de Freitas e Bernardinho.

Suíço tinha laços estreitos com Bernardinho. O ex-jogador era padrinho de Bruninho, filho de Bernardinho e atual levantador da Seleção Brasileira.

Vídeos
Últimas notícias