Briga com Simeone motivou saída de Diego Costa, revela jornal espanhol

Uma ríspida desavença entre o atacante e o técnico argentino Diego Simeone foio estopins para o jogador deixar o Atlético de Madrid

atualizado 18/06/2021 17:48

Diego Costa no Atlético de MadridDenis Doyle/Getty Images

O Jornal espanhol Marca revelou nesta sexta-feira (18/6) os bastidores da saída do atacante Diego Costa do Atlético de Madrid. A publicação revelou que uma ríspida desavença entre o atacante e o técnico argentino Diego Simeone foi um dos estopins para a saída do jogador.

Segundo o jornal, Simeone teria prometido a Diego alguns minutos para retornar a jogar diante da Real Sociedad. Diego Costa estava voltando de lesão. A promessa não foi cumprida, o atacante ficou no banco e teria dito ao treinador argentino: “você me traiu”.

A briga teria motivado a rescisão de contrato do jogador com o Atlético. Para poder deixar o time espanhol, Diego teria aberto mão até de possíveis valores que ele poderia receber em caso de uma transferência com outro clube. Vale lembrar que Simeone foi um dos grandes defensores da volta do jogador ao clube.

Mesmo sendo querido pela torcida Colchonera, a segunda passagem do jogador brasileiro naturalizado espanhol passou longe do ideal. As lesões e os poucos minutos em campo por conta da chegada de Luis Suárez agravaram a situação de Diego no de Madrid.

O atacante também passou por um problema pessoal, que o obrigou a vir constantemente ao Brasil.

Apesar das especulações, Diego ainda não definiu o seu futuro.

Vídeos
Últimas notícias