Draft da NBA: quem é Gui Santos, brasileiro selecionado pelos Warriors

Nascido em Brasília, Guilherme é filho de dois ex-jogadores de basquete e estreou como profissional aos 16 anos

atualizado 24/06/2022 16:10

Assessoria

O ala Guilherme Carvalho dos Santos, mais conhecido como Gui Santos, virou assunto nesta sexta-feira (24/6). O brasileiro de 20 anos recém-completos, que atuou pelo Minas na última temporada do Novo Basquete Brasil (NBB), foi escolhido pelo Golden State Warriors na 55ª escolha do Draft da NBA de 2022, durante a 2ª rodada.

Gui é o primeiro brasileiro que alcança o feito desde 2019, quando Didi Louzada foi selecionado para o New Orleans Pelicans. Além dos Warriors, o atleta participou dos treinos de outras nove franquias.

Nascido em Brasília, Gui Santos é filho dos ex-jogadores Deivisson e Lucineide e está inserido no mundo do basquete desde muito cedo. O atleta começou a atuar de maneira competitiva aos 11 anos, pelo São José (SP), mas retornou ao Distrito Federal quando o pai aposentou, onde jogou pelo UniCeub e pelo Clube Vizinhança.

Sua estreia no time profissional do Minas foi em 2018, com apenas 16 anos. No clube, o brasiliense jogou ao lado de ídolos do basquete, como Alex Garcia, e demonstrou grande evolução dentro de quadra. Na temporada de 2021, foi eleito o Jogador com Maior Evolução no NBB e, em 2022, conquistou o título de Sexto Homem do Ano.

Publicidade do parceiro Metrópoles 1
Publicidade do parceiro Metrópoles 2
0

Gui anotou, nesta temporada, uma média de 10,1 pontos, 5,1 rebotes, 2 assistências e 11,4 de eficiência por jogo. Sua equipe chegou às semifinais da competição, mas foi eliminada pelo Flamengo. Além disso, o ala foi eleito o Melhor Jovem da liga duas vezes e participou do Jogo das Estrelas em quatro edições.

O atleta foi destaque na Seleção Brasileira Sub-17 e, desde então, passou a compor o elenco do time principal.

Apesar da grande conquista, é muito provável que Gui não atue pelo time de São Francisco na próxima temporada. O jovem tem quatro caminhos possíveis para seguir: ele pode ser contratado pela atual campeã do NBA; seguir jogando no Brasil enquanto é monitorado de perto pelo time; atuar em ligas mais fortes do exterior, se adaptando à carreira longe de casa; ou assinar com o Santa Cruz Warriors, filial do Golden State na liga de desenvolvimento da NBA.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu celular? Entre no canal do Metrópoles no Telegram e não deixe de nos seguir também no Instagram!

Mais lidas
Vídeos
Últimas notícias