Por mudar a dieta de seu cachorro, Hamilton pode ser preso; entenda

Após se tornar vegano, o piloto inglês também alterou os hábitos ao seu bulldog inglês

atualizado 22/10/2021 18:23

Reprodução/Instagram

Um dos melhores pilotos da história da Fórmula 1, Lewis Hamilton pode ser preso na Inglaterra por um motivo para lá de bizarro. Vegano desde 2016, o heptacampeão converteu seu companheiro Roscoe, um bulldog francês, para a mesma dieta. 

O famoso bichinho de estimação, que conta com mais de 400 mil seguidores no Instagram, entrou na onda em junho do ano passado. “A pele está muito mais macia, as pernas inchadas sararam, não sofre de dores de artrite e a respiração melhorou”, disse Hamilton. 

Porém, de acordo com a organização “The Blue Cross”, essa decisão pode violar a Lei Britânica de Bem-Estar Animal elaborada em 2006, e que determina que os animais de estimação precisam comer carne, o que eles determinam como “dieta adequada”.

Caso essa lei seja descumprida, os donos dos bichinhos podem ser processados judicialmente e, se condenados, pagar multa de até 23,6 mil euros, cerca de R$ 155 mil, até 51 meses de prisão e perder a custódia dos animais de estimação.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Mais lidas
Últimas notícias