Filho de Michael Schumacher, Mick é anunciado pela Haas para 2021

Ele vai fazer dupla com o russo Nikita Mazepin, confirmado na última terça pela equipe americana. Brasileiro Pietro Fittipaldi perde espaço

atualizado 02/12/2020 9:37

Mick SchumacherJoe Portlock - Formula 1/Formula 1 via Getty Images

Nove anos depois do adeus definitivo de Michael Schumacher à Fórmula 1, o seu filho Mick, de 21 anos, fará a sua estreia na categoria em 2021. Nesta quarta-feira (2/12), a Haas anunciou oficialmente a contratação do piloto alemão para a próxima temporada. Ele vai fazer dupla com o russo Nikita Mazepin, confirmado na última terça pela equipe americana.

“O alemão Mick Schumacher se junta à Haas como parte da nossa nova dupla de pilotos para a temporada de 2021 de Fórmula 1”, publicou a Haas em suas redes sociais. “Estou muito feliz por confirmar Mick Schumacher como nosso piloto para a próxima temporada e mal posso esperá-lo para recebê-lo em nossa equipe. A Fórmula 2 tem servido há muito tempo como local para os jovens talentos provarem suas qualidades e o grid desse ano, sem dúvidas, tem sido um dos mais competitivos dos últimos anos. Mick venceu corridas, esteve em pódios e se sobressaiu contra grandes talentos”, disse Gunther Steiner, chefe da Haas.

O piloto gravou um vídeo, já com o uniforme da escuderia, em que repercute o anúncio. “Oi, pessoal, muito orgulhoso de anunciar oficialmente que correrei pela Haas na temporada de 2021. Gostaria muito de agradecer a todos envolvidos, a Ferrari (e ao programa de jovens pilotos), Gene Haas, Gunther (Steiner). Estou muito feliz e explodindo de emoção. Queria agradecer a todos pelas mensagens e pelo grande apoio”, afirmou Mick.

Piloto da Academia Ferrari, o filho mais velho de Michael Schumacher, sete vezes campeão mundial de Fórmula 1, compete desde os nove anos, tendo começado no kart, onde desde cedo se destacou, mesmo não usando o sobrenome do pai.

Pietro perde espaço

Com o anúncio de Mick, as vagas de piloto titular da Haas estão preenchidas, o que frustra o plano otimista de alguns de ver o brasileiro Pietro Fittipaldi no cockpit da escuderia em 2021. O neto de Emerson Fittipaldi é atual piloto reserva e terá sua oportunidade de mostrar serviço no próximo fim de semana, quando substituirá Romain Grosejean, que se recupera de queimaduras após acidente impressionante. 

Vídeos
Últimas notícias