De Russell a Pietro: conheça os pilotos da nova geração que invadiram a F1

Penúltima etapa de 2020 da categoria ocorre neste domingo com dois estreantes, entre eles um brasileiro. Britânico ex-Williams pode brilhar

atualizado 06/12/2020 12:08

George Russell, Pietro Fittipaldi e Jack AitkenFlorent Gooden/Pool/Getty Images, Peter Fox/Getty Images e Mark Thompson/Getty Images

A penúltima etapa de Fórmula 1 em 2020 recebeu um aditivo como há muitos anos não ocorria. Uma pandemia e um acidente raríssimo na história recente da categoria provocaram dança das cadeiras inesperada nos cockpits. Nomes como George Russell, Pietro Fittipaldi e Jack Aitken viraram protagonistas de uma temporada em que a estrela máxima da companhia já triunfou: Lewis Hamilton sagrou-se heptacampeão com antecedência.

Se o britânico já determinou o prêmio máximo, a nova geração da F1 nem sequer esperou o término do ano para chamar a atenção. O trio de jovens formado por George Russell (22 anos), Pietro Fittipaldi (24 anos) e Jack Aitken (25 anos) será a atração máxima do GP de Sakhir neste domingo (6/12), a partir das 14h10 (horário de Brasília).

Além dos jovens que irão alinhar no grid do GP de Sakhir, no Bahrein, um outro garoto se destacou neste fim de semana. Mick Schumacher, filho do heptacampeão de F1, Michael Schumacher, foi confirmado como um dos pilotos da equipe Haas na para a temporada 2021.

A seguir, o Metrópoles recorda a carreira dos meninos que desfrutam do estrelato repetindo:

0

 

(Com informações da Agência Estado)

Vídeos
Últimas notícias