Ana Marcela vira a maior medalhista da maratona aquática em mundiais

A brasileira conquistou nesta terça o ouro nos 5km na Coreia do Sul e, de quebra, passou a ser a recordista de medalhas com dez pódios

Chung Sung-Jun/Getty ImagesChung Sung-Jun/Getty Images

atualizado 17/07/2019 11:41

Ana Marcela Cunha fez história nesta terça-feira (16/07/2019), em Gwangju, da Coreia do Sul, ao vencer a prova dos 5km da maratona aquática feminina do Mundial de Esportes Aquáticos. É a quarta medalha de ouro conquistada pela brasileira na história da competição. Anteriormente, ela também subiu ao topo do pódio ao triunfar nas disputas de 25km em 2011, 2015 e 2017.

Com o feito, Ana Marcela se tornou a maior medalhista da maratona aquática em mundiais, com dez pódios – a atleta também faturou mais duas pratas (na prova de 10km, em 2013, e na por equipes, em 2015), além de ter obtido quatro bronzes, nos 5km em 2013 e 2017, e nos 10km em 2015 e 2017.

Até fazer história nesta terça-feira (16/07/2019), ela estava empatada como recordista com a holandesa Edith Van Dijk, que conquistou nove pódios nesta modalidade na competição e já está aposentada. A ex-nadadora acumulou três ouros, duas pratas e quatro bronzes ao longo de suas participações no mundial entre 1998 e 2005.

A baiana Ana Marcela triunfou ao completar a prova de 5km com o tempo de 57min56s. E o ouro foi garantido apenas na batida de mão na chegada, pois ela ficou somente um segundo à frente da francesa Aurelie Muller, que levou a prata com 57min57s. E o bronze acabou sendo divido por duas nadadoras: a norte-americana Hanna Moore, dos Estados Unidos, e Leonie Beck, da Alemanha, que encerraram a disputa empatadas com a marca de 57min58s.

Presença em Tóquio
Essa foi a segunda prova realizada por Ana Marcela no mundial. Anteriormente, a brasileira havia terminado em quinto lugar na maratona aquática feminina de 10km, disputada na noite de sábado (13/07/2019). Na ocasião, o resultado assegurou a presença da atleta nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020. A maratona de 5km, na qual ela acaba de se consagrar, não é uma prova olímpica

Nesta edição da competição na Coreia do Sul Ana Marcela ainda poderá participar da prova por equipes, marcada para começar às 20h (de Brasília) desta quarta-feira (17/07/2019), e da disputa de 25km, que ocorrerá na quinta (18/07/2019), a partir do mesmo horário.

Últimas notícias