Gabriel Medina

A bateria que não acabou: Medina afirma ter vencido japonês em Tóquio

Surfista brasileiro disse a jornalistas que venceu bateria da semifinal olímpica e criticou as provocações do adversário

atualizado 29/07/2021 18:15

Gabriel MedinaRyan Pierse/Getty Images

O pódio do surfe masculino está mais do que definido e a medalha de ouro está no peito de Italo Ferreira, mas para Gabriel Medina, aparentemente, a bateria semifinal contra o japonês Kanoa Igarashi ainda não terminou. Nesta quinta-feira (29¹7), ao desembarcar no aeroporto de Guarulhos, o surfista brasileiro afirmou que venceu a bateria em questão.

Em tom de desabafo, Medina reclamou da decisão dos juízes que deram  9.33 ao surfista japonês, resultado que O tirou da final Olímpica.

-“Assisti à bateria. Até por isso segurei minhas palavras, não falaria sem ter assistido. Comparando minhas melhores ondas e as duas melhores dele, eu venci a bateria. Mas, é difícil falar”, declarou o surfista brasileiro.

Medina também foi perguntado sobre a postura provocativa de Kanoa Igarashi, que após a conquista da prata, tirou onda nas redes sociais com postagens em português.

“Tem que ter paciência, enfim. Fazer palhaçada depois que ganha é fácil. Todo mundo se respeita no circuito. Ganhei inúmeras vezes dele e nunca brinquei. Prefiro trabalhar em silencio, fazer o meu e focar”, rebateu.

O brasileiro acabou ficando sem medalha depois de também ser derrotado na disputa pelo bronze, vencida pelo australiano Owen Wright por 11,97 a 11,77.

Quer ficar por dentro de tudo que rola no mundo dos esportes e receber as notícias direto no seu Telegram? Entre no canal do Metrópoles.

Vídeos
Últimas notícias