Yudi e Priscilla falam sobre carreira e conversão no Programa da Maisa

Evangélicos, os artistas desabafaram sobre serem "discípulo de Cristo", além de relembrarem os trabalhos no SBT

Divulgação/SBTDivulgação/SBT

atualizado 11/07/2019 15:13

Convidados do Programa da Maisa, no SBT, Yudi Tamashiro e Priscilla Alcântara relembraram o início da carreira na TV. Convertidos ao evangelismo, os artistas também contaram como a religião se tornou importante em seus trabalhos. À pupila de Silvio Santos, Yudi abriu o coração.

“Eu estava louco. Bebendo demais, estava saindo muito. Eu estava jogando tudo o que tinha conquistado pro ar”, desabafou. “Me chamaram para ir pra igreja. Lá, cada palavra que ele [o pastor] soltava era pra mim, tipo um soco que eu recebia no coração”.

“Naquele momento eu falei: ‘Deus, eu quero um recomeço na minha vida’. Hoje o que eu quero é estar dividindo este amor que eu sinto com as pessoas que eu amo”, emendou Yudi, que recentemente exagerou nos exercícios físicos e chegou a ficar sem andar.

Na atração, que vai ao ar no sábado (13/07/2019), Priscilla explicou o que é ser cristão “Tudo na nossa sociedade é sobre rótulos […] Só quem segue Jesus pode ser chamado de discípulo […] O intuito, na verdade, não é você se converter para ser chamado de crente, ou evangélico, ou cristão. Mas sim um discípulo de Cristo”, disse.

Yudi e Priscilla reviveram o início de suas carreiras como apresentadores à frente do Bom Dia & Cia. A Maisa, Pri admitiu que solta a voz desde os dois anos. “Eu nunca pensei em ser nada além de cantora”, confessou.

Últimas notícias