*
 

O último capítulo de Segundo Sol promete um desfecho dramático envolvendo Laureta (Adriana Esteves), Karola (Deborah Secco) e Severo (Odilon Wagner), com direito a apelos desesperados, tiros e morte.

Segundo informações que escaparam do sigilo imposto pela produção do folhetim, o desenrolar dessa trama terá início a partir do momento em que Laureta, a cafetina-mor da novela, sequestrar o filho de Rosa (Letícia Colin).

Chocado com a maldade feita ao bebê, Roberval (Fabrício Boliveira) tem uma intuição indicando que seu pai, Severo, pode ter algum envolvimento nessa história. Então, resolve segui-lo e acaba na ilha de Itaparica.

De fato, Roberval estava correto em seu sentimento. Ao chegar, ele descobre que Severo foi ao encontro de Laureta. Quem também está presente é Karola (Deborah Secco). Ou seja, pai, mãe e filha reunidos. Sem perder tempo, ele liga para Beto (Emílio Dantas) e revela o paradeiro da cafetina.

 

Algum tempo depois, um grande grupo chega a Itaparica e cerca a casa. Ele é formado por Beto, Rosa, Valentim (Danilo Mesquita), Ícaro (Chay Suede), Ionan (Armando Babaioff), Luzia (Giovanna Antonelli) e Maura (Nanda Costa), além de Roberval. Tomando todo o cuidado para não fazerem barulho, todos eles começam a se aproximar da residência. Porém, algo leva pânico a todos.

Dentro da casa, Laureta aponta uma arma para Severo durante uma discussão terrível e a cafetina está disposta a puxar o gatilho. Desesperada com a cena, Karola implora à mãe para que não atire. Nesse momento, o sujeito avança contra a cafetina para desarmá-la, mas a mulher é mais rápida e dispara, acertando o tiro nele. O grupo acaba invadindo a residência para resgatar o bebê de Rosa, o clima fica caótico e Karola também é baleada, morrendo pouco depois. Já Laureta é presa.